UTL Repository >
Faculdade de Medicina Veterinária >
Biblioteca >
BFMV - Teses de Mestrado 2º. Ciclo >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10400.5/948

Title: Lesão degenerativa crónica da valva mitral em canídeos: epidemiologia e diagnóstico ecocardiográfico : estudo retrospectivo de 41 casos
Other Titles: Degenerative mitral valve disease in dogs: epidemiology and echocardiographic diagnose : retrospective study of 41 cases
Authors: Martins, Brigite de Lima Novo Dantas
Advisor: Luís, José Paulo Sales
Keywords: Lesão degenerativa crónica mitral
Ecocardiografia
Canídeos
Doença valvar crónica
Cardiologia
Chronic degenerative mitral valve disease
Echocardiography
Dogs
Chronic valvular disease
Cardiology
Issue Date: 2008
Publisher: Universidade Técnica de Lisboa. Faculdade de Medicina Veterinária
Citation: MARTINS, B. L. N. D. (2008). Lesão degenerativa crónica da valva mitral em canídeos: epidemiologia e diagnóstico ecocardiográfico. Dissertação de Mestrado, Universidade Técnica de Lisboa, Faculdade de Medicina Veterinária, Lisboa.
Abstract: Esta dissertação é resultado do estágio realizado no Instituto Veterinário do Parque e integra uma exposição breve da casuística acompanhada, uma revisão bibliográfica sobre a Lesão Degenerativa Crónica da Valva Mitral (LDCVM) e o diagnóstico ecocardiográfico desta doença e, finalmente, um estudo clínico dentro deste tema. A LDCVM é a doença cardíaca adquirida mais frequente em canídeos adultos, atingindo principalmente animais a partir dos 8 anos de idade e de raças de pequeno a médio porte, sendo raríssima a sua descrição em cães de raças grandes. Esta é uma doença progressiva e sem cura, pelo que é importante que o médico veterinário possa detectar a sua presença o mais cedo possível, a fim de estabelecer um plano terapêutico que permita retardar a progressão da LDCVM e suavizar a sintomatologia clínica do paciente. A ecocardiografia é considerada o meio complementar de diagnóstico mais útil na avaliação desta afecção cardíaca, caracterização do estadio da doença e classificação do grau de insuficiência cardíaca dos pacientes. No diagnóstico ecocardiográfico da LDCVM existem vários parâmetros que podem ser avaliados, alguns dos quais quantificáveis, que fornecem informações de grande relevância para o médico-veterinário. Os objectivos principais do estudo clínico realizado consistiram na realização de medições ecocardiográficas e na verificação da existência de relação entre estas e a severidade da insuficiência cardíaca. A amostra foi constituída por 41 canídeos presentes à consulta de Cardiologia tendo todos sido sujeitos a, pelo menos, um exame ecocardiográfico. Utilizou-se o modo 2D para a avaliação do espessamento dos folhetos valvulares da mitral, detecção de situações de prolapso da valva mitral e mensuração das dimensões do átrio esquerdo e base da aorta. O modo TM foi utilizado para determinar a fracção de encurtamento, frequência cardíaca e separação do septo ao ponto E. O modo Doppler Cor permitiu detectar situações de regurgitação mitral. A análise estatística foi realizada com base em métodos descritivos e inferenciais, tendo-se para isso utilizado o teste para variáveis não paramétricas de Kruskal- Wallis. Apesar de não se terem encontrado relações estatisticamente significativas entre a severidade da insuficiência cardíaca e a variação da fracção de encurtamento, da frequência cardíaca, da idade e peso corporal, os valores obtidos encontram-se dentro dos intervalos descritos na literatura. Por fim, verificou-se um aumento do rácio da dimensão do átrio esquerdo/dimensão base aorta a par do agravamento do estado clínico do animal, e concomitante aumento do grau de insuficiência cardíaca (p=0,001).
ABSTRACT - This dissertation was based on the work performed at the Instituto Veterinário do Parque and includes a brief presentation of the followed clinical cases, a bibliographic review about the Chronic Degenerative Mitral Valve Disease and it’s echocardiographic diagnose, as well as a retrospective study within this subject. Degenerative mitral valve disease is the most frequent disease of adult dogs, affecting mostly elderly animals from aproximately the age of eight years old. Small to medium breeds are the most affected and reports of this disease on large dog breeds are very rare. This is a progressive degenerative disease wich has no cure. For this reason is very important for the veterinary surgeon to detect it as early as possible and to establish a therapeutic plane aimed to the improvement of the pacient’s quality of life. Echocardiography is considered the most useful diagnostic test for the evaluation of degenerative mitral valve disease, providing important information about the valve morphology and lesions as well as allowing a noninvasive and accurate assessment of the heart failure stage. There are several relevant echocardiographic patterns and measures used to diagnose this disease. The main objective of the presented retrospective study was to perform some of the most reliable measurements and to verify the existence of statistical relations between this measures and the heart failure severity. Forty-one dogs presented for cardiology consultation were examined and all underwent to at least one echocardiographic examination. The 2D-mode was used to evaluate the thickness of the mitral valve leaflets, to recognise the mitral valve prolapse and to measure the left atrium and aortic root dimensions. The M-mode was performed to determine the shortening fraction, heart rate and mitral E-point septal separation. Mitral valve regurgitation was detected using color Doppler. The statistical methods performed included descriptive and inferencial analysis. Statistical differences among groups were studied using the non-parametric Kruskal-Wallis test. Although there were no statistical differences between the heart failure class and the variation of the shortening fraction, heart rate, age and body weight, the obtained mean values agree with the consulted literature. Finally it was found that the left atrium to aortic ratio was higher in the more severe heart failure classes, increasing with the progression of the presented clinical signs (p=0,001).
Description: Dissertação de Mestrado Integrado em Medicina Veterinária
URI: http://hdl.handle.net/10400.5/948
Appears in Collections:BFMV - Teses de Mestrado 2º. Ciclo

Files in This Item:

File Description SizeFormat
LESÃO DEGENERATIVA CRÓNICA DA VALVA MITRAL EM CANÍDEOS.pdf3.24 MBAdobe PDFView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

 
Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE