UTL Repository >
ISEG - Instituto Superior de Economia e Gestão / ISEG - School of Economics & Management Lisbon >
Biblioteca Francisco Pereira de Moura / Francisco Pereira de Moura Library >
BISEG - Dissertações de Mestrado / Master Thesis >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10400.5/705

Title: A importância do planeamento estratégico em indústrias fragmentadas: o sector da construção
Authors: Pinto, Susana de Almeida Gouveia
Advisor: Gonçalves, Vítor da Conceição
Keywords: planeamento estratégico
estratégia
indústrias fragmentadas
estudo empírico
sector da construção
estimação de modelo linear
strategic planning
strategy
fragmented industries
case study
construction sector
linear model estimation
Issue Date: Jul-2004
Publisher: Instituto Superior de Economia e Gestão
Citation: Pinto, Susana de Almeida Gouveia. 2004. "A importância do planeamento estratégico em indústrias fragmentadas: o sector da construção". Dissertação de Mestrado. Universidade Técnica de Lisboa. Instituto Superior de Economia e Gestão.
Abstract: A noção de estratégia tem sofrido alterações ao longo das últimas três décadas, evoluindo do conceito, razoavelmente estático, de posição competitiva que a empresa assume no mercado em que opera, para uma concepção mais dinâmica de forma de reacção às estratégias dos restantes concorrentes. Acompanhando esta evolução no conceito de estratégia, também a definição de planeamento estratégico se torna mais abrangente, surgindo a ideia de planeamento informal ou oportunístico, que lida com as estratégias emergentes, e que se torna num meio de flexibilizar e dinamizar a estratégia da empresa e de reduzir os riscos associados à defesa de uma posição única. Os estudos empíricos realizados noutros países sobre a influência do planeamento estratégico, formal ou não, no desempenho das organizações têm apresentado resultados algo controversos, mas, maioritariamente, têm pendido para uma importância positiva, que se traduz, não só em termos quantitativos nos resultados financeiros, como em benefícios subjectivos como a satisfação de gestores e empregados. Um problema que tem sido levantado nestes estudos prende-se com a necessidade de restringir o universo de análise e de considerar a influência da situação contextual da empresa na relação entre o planeamento estratégico e o desempenho. Assim, a par de uma revisão da literatura e estudos práticos relevantes existentes sobre estes conceitos, pretende-se, nesta dissertação, avaliar esta relação num tipo de indústria específico, as indústrias fragmentadas. Este tipo de indústrias caracteriza-se pela existência de fracas barreiras de entrada, pela ausência de economias de escala e por uma curva de experiência não decrescente, sendo normalmente constituída por um elevado número de pequenas e médias empresas que não possuem, individualmente, grande quota de mercado e que não influenciam normalmente o resultado da indústria. Para tal, recorrer-se-á à especificação de um modelo linear econométrico que relacione o desempenho das empresas com o planeamento estratégico que efectuam, e que será aplicado ao sector da construção.
The concept of strategy has suffered quite a few changes in the last three decades, evolving from the fairly static concept referring to the competitive position of a company in the market where it operates, to a more dynamic concept of ways of reacting to another’s firm strategy. Accompanying this evolution, also the definition of strategic planning has become more embracing, taking up the idea of informal or opportunistic planning, which deals with emergent strategies, giving flexibility and dynamism to the corporation’s strategy and reducing the risks related to the defense of a unique position. The case studies carried out in other countries trying to highlight the influence of the strategic planning, formal or not, on firms performance have reported controversial results, but generally have presented positive relationships, which relate, not only to measurable financial results, but also to subjective benefits, as the satisfaction of managers and employees. One of the limitations that has emerged in these studies, concerns the need of restraining the universe of analysis and of considering the influence of the company’s context in the relationship with strategic planning and performance. This thesis includes a review of the relevant literature and studies on these concepts. I will also try to evaluate this relationship in a specific environment, the fragmented industries. This type of industry is characterized by low entry barriers, no economies of scale and a non-decreasing experience curve, and is formed by many small and medium firms that don’t possess, individually, a big market share and normally don’t influence the industry outcome. An econometric linear model will be specified to explain the construction corporations’ performance against the strategic planning practices.
Description: Mestrado em Gestão/MBA
URI: http://hdl.handle.net/10400.5/705
Appears in Collections:DG - Dissertações de Mestrado / Master Thesis
BISEG - Dissertações de Mestrado / Master Thesis

Files in This Item:

File Description SizeFormat
A importância do planeamento estratégico em indústrias fragmentadas.pdf929.13 kBAdobe PDFView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

 
Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE