UTL Repository >
ISEG - Instituto Superior de Economia e Gestão / ISEG - School of Economics & Management Lisbon >
CEsA - Centro de Estudos sobre África e do Desenvolvimento / CEsA - Centre of African and Development Studies >
CEsA - Documentos de Trabalho / CEsA - Working Papers >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10400.5/4645

Title: O desenvolvimento do setor educativo africano como prioridade da APD portuguesa (1998-2011)
Authors: Faria, Raquel
Keywords: Cooperação
Educação
Política
PALOP
Issue Date: 2012
Publisher: ISEG - CEsA
Citation: Faria, Raquel. 2012. "O desenvolvimento do setor educativo africano como prioridade da APD portuguesa (1998-2011)". Instituto Superior de Economia e Gestão - CEsA documentos de trabalho nº111-2012.
Series/Report no.: CEsA documentos de trabalho;nº111-2012
Abstract: A política de Cooperação Portuguesa desde cedo estabeleceu como prioridade central os Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa (PALOP), devido aos laços históricos e socioculturais, que caraterizam uma relação com mais de 35 (trinta e cinco) anos. Conhecida pelos seus objetivos de redução da pobreza; de reforço da Democracia e do Estado de Direito; de promoção tanto do crescimento económico como do diálogo, das integrações regionais e de uma parceria europeia para o desenvolvimento humano, a Cooperação nacional tem desempenhado um papel crucial no desenvolvimento africano, particularmente, ao nível do setor educativo. Efetivamente, os dados mostram-nos que esta tem sido uma das áreas de intervenção prioritária, independentemente, dos diferentes governos constitucionais que nos últimos anos assumiram o poder. Segundo, o IPAD (2011), a cooperação técnica enquanto modalidade da Ajuda mais utilizada nos últimos tempos, reflete-o de forma clara e inequívoca no período compreendido entre o ano de 1996 e o ano de 2010: 38% da distribuição setorial da cooperação técnica foi direcionada para a educação, a que seguiu o governo e a sociedade civil com 24%, sendo que a nossa investigação isso o confirma demonstrando, ainda que, no ano de 2011 a tendência manteve-se, independentemente, do volume da Ajuda Pública ao Desenvolvimento Portuguesa ter diminuído cerca de 3%, fruto da crise financeira iniciada em 2008 e que levou Portugal a pedir o resgate financeiro em abril de 2010.
URI: http://hdl.handle.net/10400.5/4645
Publisher version: http://pascal.iseg.utl.pt/~cesa/files/Doc_trabalho/WP111.pdf
Appears in Collections:CEsA - Documentos de Trabalho / CEsA - Working Papers

Files in This Item:

File Description SizeFormat
WP111CESA.pdf1 MBAdobe PDFView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

 
Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE