UTL Repository >
ISEG - Instituto Superior de Economia e Gestão / ISEG - School of Economics & Management Lisbon >
Biblioteca Francisco Pereira de Moura / Francisco Pereira de Moura Library >
BISEG - Dissertações de Mestrado / Master Thesis >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10400.5/4554

Title: O uso da Internet no local de trabalho para fins pessoais : estudo de caso numa empresa de Consultoria
Authors: Esparteiro, Joana Rita Quaresma Marques
Advisor: Jerónimo, Helena
Keywords: Cyberloafing
Internet
empresa de consultoria
estudo de caso
consulting company
case-study
Issue Date: Sep-2011
Publisher: Instituto Superior de Economia e Gestão
Citation: Esparteiro, Joana Rita Quaresma Marques. 2011. "O uso da Internet no local de trabalho para fins pessoais : estudo de caso numa empresa de Consultoria". Dissertação de Mestrado. Universidade Técnica de Lisboa. Instituto Superior de Economia e Gestão.
Abstract: O presente estudo aborda a temática do Cyberloafing procurando perceber este fenómeno social e organizacional num contexto específico da realidade portuguesa. Com impactos crescentes, a Internet preenche cada vez mais momentos ao longo do dia das pessoas e se este preenchimento de tempo ocorrer durante o período de trabalho denomina-se Cyberloafing. Neste estudo, pretende verificar-se, num dado locus empírico, que tipo de impactos tem este fenómeno no dia-a-dia laboral bem como qual é a percepção dos inquiridos no que respeita ao Cyberloafing. Com o objectivo de tentar responder às hipóteses pré-definidas foi desenvolvido um estudo de caso tendo como objecto de estudo uma empresa da área da Consultoria. A recolha de dados foi feita através de um inquérito online tendo-se obtido 136 respostas válidas. Este trabalho pretende contribuir para um mais completo conhecimento do fenómeno do Cyberloafing, em geral, mas também para uma primeira análise deste fenómeno em contexto português. Foi, neste âmbito, proeminente averiguar as percepções dos inquiridos no que respeita ao Cyberloafing, nomeadamente no que concerne à aceitação deste fenómeno, tendo sido expressa alguma benevolência por parte dos inquiridos aquando da aceitação deste comportamento como escape ou pausa no trabalho não prejudicando, na sua opinião, o cumprimento de obrigações ou a realização de tarefas.
This study is an approach on a social and corporate phenomenon called Cyberloafing with the objective of understanding it in the specific context of the Portuguese reality. With a growing impact, the Internet fills an also growing number of moments throughout the day in people lives. If that happens during work hours it is called Cyberloafing. In this study I aim to understand the type of impact that this phenomenon has on a regular working day, in a specific empirical place, as well as what kind of perception people have on Cyberloafing. With the objective of answering the pre-set hypothesis we developed a case-study on a consulting firm. I collected data through an on-line survey, to which we obtained 136 valid answers. With this work we aim to give a valid contribution to a better understanding of the Cyberloafing phenomenon in general and, on a more specific approach, do a first analysis of it the Portuguese context. It was, in this context, prominent to assess the perception those surveyed have on Cyberloafing, namely on its acceptance, having sensed a certain benevolence from those surveyed on the acceptance of this behaviour as an escape or break from work not harming, in their own judgment, the fulfillment of their obligations and completion of their tasks.
Description: Mestrado em Gestão de Recursos Humanos
URI: http://hdl.handle.net/10400.5/4554
Appears in Collections:DG - Dissertações de Mestrado / Master Thesis
BISEG - Dissertações de Mestrado / Master Thesis

Files in This Item:

File Description SizeFormat
DM-JMQME-2011.pdf703.96 kBAdobe PDFView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

 
Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE