UTL Repository >
ISEG - Instituto Superior de Economia e Gestão / ISEG - School of Economics & Management Lisbon >
Biblioteca Francisco Pereira de Moura / Francisco Pereira de Moura Library >
BISEG - Dissertações de Mestrado / Master Thesis >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10400.5/4462

Title: Análise da produção científica sobre formação em PME no século XXI : a relevância dos estudos empíricos
Authors: Barata, Ana Cláudia Ramos
Advisor: Curado, Carla
Keywords: Gestão de Recursos Humanos
Formação
Pequenas e Médias Empresas
Human Resources Management
Training
Small and Medium Enterprises
Issue Date: 2011
Publisher: Instituto Superior de Economia e Gestão
Citation: Barata, Ana Cláudia Ramos. 2011. "Análise da produção científica sobre formação em PME no século XXI : a relevância dos estudos empíricos". Dissertação de Mestrado. Universidade Técnica de Lisboa. Instituto Superior de Economia e Gestão.
Abstract: As pequenas e médias empresas (PME) têm cada vez mais um papel fundamental no emprego, valor e prosperidade de um país. A formação permite que os conhecimentos dos colaboradores se mantenham actualizados e que a empresa alcance uma vantagem competitiva, contribuindo assim para a sua longevidade e sucesso. Este trabalho refere-se a uma análise da produção científica sobre a temática da formação em PME na primeira década do século XXI através do agrupamento das conclusões dos autores numa matriz de formação com duas dimensões, formação formal/informal e formação em grupo/individual. A principal contribuição deste trabalho consiste na síntese da produção científica sobre formação nas PME com o objectivo de verificar quais os métodos mais utilizados por estas empresas. Através da recolha de artigos científicos sobre esta temática, pode concluir-se que o método de formação mais utilizado pelas PME é o informal/individual.
Today's Small and Medium Enterprises (SME) have an important role in creating employment, value and prosperity to the economies. Training is important to the SME workers, so they can have their knowledge and skills always up to date, and therefore contributing to obtain competitive advantage and the company's success. This essay analyses empirical studies about training in SME during the first decade of the 21st century, and aims to classify the author's conclusions in a matrix with two training dimensions, formal/informal training, and group/individual training. The main contribution of this essay is to provide a synthesis of the scientific literature about training in SME and to provide an overview of what it is done by these firms, and more specifically about their most used training methods. Through the collection of scientific literature, it is possible to identify that the SME most used training method is informal and individual training.
Description: Mestrado em Gestão de Recursos Humanos
URI: http://hdl.handle.net/10400.5/4462
Appears in Collections:DG - Dissertações de Mestrado / Master Thesis
BISEG - Dissertações de Mestrado / Master Thesis

Files in This Item:

File Description SizeFormat
DM-ACRB-2011.pdf519.85 kBAdobe PDFView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

 
Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE