UTL Repository >
ISEG - Instituto Superior de Economia e Gestão / ISEG - School of Economics & Management Lisbon >
Biblioteca Francisco Pereira de Moura / Francisco Pereira de Moura Library >
BISEG - Dissertações de Mestrado / Master Thesis >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10400.5/4404

Title: Alteração da estrutura de capital nos períodos de racionamento de crédito : evidência empírica para Portugal
Authors: Teixeira, Lúcia Coelho
Advisor: Escária, Vítor
Keywords: Alavancagem
Crédito Bancário
Estrutura de Capital,
Portugal
Racionamento de Crédito
Leverage
Bank Credit
Capital Structure
Portugal
Credit Rationing
Issue Date: Jan-2012
Publisher: Instituto Superior de Economia e Gestão
Citation: Teixeira, Lúcia Coelho. 2012. "Alteração da estrutura de capital nos períodos de racionamento de crédito : evidência empírica para Portugal". Dissertação de Mestrado. Universidade Técnica de Lisboa. Instituto Superior de Economia e Gestão.
Abstract: A crise do subprime foi considerada, por muitos economistas, a contracção económica e financeira mais longa e profunda da economia mundial desde a década de 1930. Após um período de políticas de crédito mais liberais e generosas, em que os bancos não avaliavam correctamente o valor das garantias e a capacidade de reembolso dos credores, actualmente presencia-se um comportamento mais prudente destas instituições financeiras, impondo mais condicionantes e requisitos para conceder crédito à economia. O presente trabalho pretende clarificar a questão de como as empresas portuguesas adequam a sua estrutura de capital nos períodos de racionamento de crédito bancário. A análise foi efectuada com dados em termos agregados e para as empresas do mercado de capitais português, de modo a comparar a evolução da estrutura de financiamento das empresas portuguesas, e perceber se a restrição de crédito bancário teve como efeitos a substituição dos empréstimos por outras fontes de financiamento, ou por outro lado, a desaceleração da actividade económica das empresas. Os resultados permitem concluir que são as PMEs, as empresas de construção e as empresas sediadas em Lisboa que, em média, obtêm mais empréstimos bancários. Quando estes estão limitados, a fonte de financiamento alternativa é, regra geral, os outros débitos e créditos comerciais. Por sua vez, a resposta das empresas do PSI-20 foi a substituição deste, essencialmente, por instrumentos financeiros de curto prazo, mas nalguns casos, tal não foi suficiente e o crescimento dessas empresas diminuiu.
The subprime crisis was considered by many economists the longest and deeper economic and financial contraction of the world economy since the 1930s. After a period of more liberal and generous credit policies, which banks did not evaluate correctly the value of collateral and the ability to repay of lenders, currently presence a more prudent behaviour of these financial institutions, imposing more constraints and requirements to grant credit to the economy. This work aims to clarify the question of how Portuguese firms fit their capital structure in periods of rationing of bank credit. The analysis was made with data in aggregate terms and for companies in the Portuguese capital market, in order to compare the financing structure evolution of Portuguese firms and understand if the restriction of bank credit had as effects, the substitution of loans by other sources of financing or on the other hand, the deceleration of economic activity of enterprises. The results allow to conclude that are the SMEs, the construction companies and the firms located in Lisbon that, on average, get more bank loans. When these are limited, the alternative source of financing is generally the other trade debts and credits. In turn, the response of the companies of PSI-20 was the replacement of this, mainly by short-term financial instruments, but in some cases, this was not enough and the growth of theses companies declined.
Description: Mestrado em Finanças
URI: http://hdl.handle.net/10400.5/4404
Appears in Collections:DG - Dissertações de Mestrado / Master Thesis
BISEG - Dissertações de Mestrado / Master Thesis

Files in This Item:

File Description SizeFormat
DM-LCT-2012.pdf2.85 MBAdobe PDFView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

 
Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE