UTL Repository >
ISEG - Instituto Superior de Economia e Gestão / ISEG - School of Economics & Management Lisbon >
Biblioteca Francisco Pereira de Moura / Francisco Pereira de Moura Library >
BISEG - Dissertações de Mestrado / Master Thesis >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10400.5/4071

Title: Análise do sistema de supervisão em matéria de suspensões e interrupções de nogociação no mercado de capitais português
Authors: Fazenda, Ana Rita da Silva Ribeiro Nobre
Advisor: Duque, João
Keywords: Supervisão do mercado
mercado de capitais
suspensão da negociação
rendibilidade
volatilidade
modelo GARCH
Market supervision
capital markets
trading halts
stock price returns
volatility
GARCH model
Issue Date: Sep-2002
Publisher: Instituto Superior de Economia e Gestão
Citation: Fazenda, Ana Rita da Silva Ribeiro Nobre. 2002. "Análise do sistema de supervisão em matéria de suspensões e interrupções de nogociação no mercado de capitais português". Dissertação de Mestrado. Universidade Técnica de Lisboa. Instituto Superior de Economia e Gestão.
Abstract: Esta dissertação tem como objecto de estudo a análise das suspensões de negociação de acções do mercado de capitais português com o objectivo de averiguar da bondade das suspensões impostas pelas autoridades supervisoras do mercado, ou seja, avaliar o timing da sua intervenção quanto ao momento da interrupção e do seu "levantamento". E utilizada uma amostra de 54 acções cuja negociação foi suspensa, durante algumas horas ou mesmo dias, no período compreendido entre 1992 e 1999. Para comparar as diferenças existentes entre o pré e pós-suspensão da negociação, utilizam-se variáveis como a rendibilidade (e o excesso de rendibilidade) e a volatilidade. Numa primeira fase, considera-se a amostra global na análise do excesso de rendibilidade, procedendo-se em seguida à sub-divisão das suspensões em "good news" e "bad news". No que respeita à volatilidade, aplica-se uma outra ferramenta para complementar a análise, mais concretamente, um modelo GARCH (1,1) com duas variáveis dummy aditivas no termo autónomo das equações da média e da variância. O presente estudo conclui que a justificação para suspender a negociação das acções aumenta com o número de dias que compõem a event window, sugerindo uma maior capacidade das autoridades de supervisão em detectar alterações de longo prazo (principalmente nos últimos anos do período analisado). De facto, quando se considera um período amostrai curto, torna-se mais complicado encontrar justificações para suspender os activos. Conclui-se ainda que o modelo GARCH (1,1) constitui um instrumento de análise bastante sensível na justificação das suspensões de negociação, servindo de complemento à análise das diferenças na volatilidade. Observa-se que a capacidade das autoridades de supervisão do mercado de capitais português, em termos da oportunidade das suspensões da negociação, tem melhorado, embora o timing não seja o mais adequado. Quando se consideram unicamente as "good news", embora a sua intervenção tenda a ser tardia, o momento do recomeço da negociação parece ser atempado.
In this study we analyse security-trading halts on the Portuguese capital market to measure the goodness of trading halts imposed by market authorities as well as its timing ability on both interrupting and restarting trading. A sample of 54 equities whose trading has been halted from some hours to some days between 1992 and 1999 was collected. We use stock price returns (and abnormal returns) and volatility to compare and test the significance of differences for pre and post-halt periods. Firstly we consider the global sample to analyse stock abnormal returns and afterwards we sort it in good and bad news halts. Concerning volatility, we apply another tool to complement volatility analysis, a GARCH (1,1) model, containing two additive dummy variables on the independent term of the mean and variance equations. We found that justification for trading halts tend to increase as event window size increases, suggesting that supervisory authorities tend to spot better the dominant changes (mainly in the last years considered in this research). In fact, when very short time sampling periods are used we found weaker justifications for stock halting. We also found a GARCH (1,1) model useful as a more sensitive instrument on justifying trading halts and a way to complete the analysis of volatility changes. The opportunity of market authorities to interrupt trading seems to be increasing, but in terms of timing, we found that they seem to be most of the times retarded when imposing trading halts or anticipated when authorizing restart trading. Nevertheless when considering "good news", although the halt tends to be late, the restart seems to be on time.
Description: Mestrado em Economia Monetária e Financeira
URI: http://hdl.handle.net/10400.5/4071
Appears in Collections:DE - Dissertações de Mestrado / Master Thesis
BISEG - Dissertações de Mestrado / Master Thesis

Files in This Item:

File Description SizeFormat
DM-ARSRNF-2002.pdf3.31 MBAdobe PDFView/Open
Restrict Access. You can request a copy!
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

 
Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE