UTL Repository >
ISEG - Instituto Superior de Economia e Gestão / ISEG - School of Economics & Management Lisbon >
Biblioteca Francisco Pereira de Moura / Francisco Pereira de Moura Library >
BISEG - Teses de Doutoramento / Ph.D. Thesis >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10400.5/3878

Title: Capital intelectual e desempenho organizacional no sector bancário português
Authors: Cabrita, Maria do Rosário de Meireles Ferreira
Advisor: Vaz, Jorge Landeiro de
Issue Date: Mar-2006
Publisher: Instituto Superior de Economia e Gestão
Citation: Cabrita, Maria do Rosário de Meireles Ferreira. 2006. "Capital intelectual e desempenho organizacional no sector bancário português". Tese de Doutoramento. Universidade Técnica de Lisboa. Instituto Superior de Economia e Gestão.
Abstract: O capital intelectual é descrito na literatura como o conjunto de intangíveis que criam valor organizacional e sustentam a vantagem competitiva. O valor é criado quando tais intangíveis são combinados e transformados e o conhecimento é o elemento central do capital intelectual. Mas até mesmo o conhecimento só cria valor quando é usado, de forma produtiva, com os restantes recursos. O capital intelectual é, pois, um fenómeno de inter-relações e interacções. Estudos recentes mostram que as organizações reconhecem a importância estratégica do capital intelectual, mas atestam que poucas conseguem defmi-lo e identificá-lo e não sabem como explorá-lo e usá-lo. Por isso, a literatura destaca que o primeiro passo da investigação do capital intelectual deverá ser a percepção de como aquele cria valor e contribui para um desempenho organizacional superior. Alguns autores provam a existência de uma associação positiva e significativa entre o capital intelectual e o desempenho organizacional. No entanto, não existe evidência acerca do efeito das interacções entre as suas componentes, no desempenho organizacional. O objectivo do estudo é: (i) desenvolver e validar um instrumento de medida do capital intelectual; (ii) examinar o efeito das inter-relações entre as componentes do capital intelectual, no desempenho organizacional e; (iii) testar o efeito das interacções entre as componentes do capital intelectual, no desempenho organizacional. Baseados na metodologia dos key informants, recolhemos os dados junto de uma amostra do sector bancário. Utilizamos, na análise dos dados uma técnica estatística designada por PLS (Partial Least Squares). Os resultados do estudo verificam que: (i) o capital intelectual influencia, de forma positiva e significativa, o desempenho organizacional e; (ii) o valor organizacional é criado na interacção das componentes do capital intelectual e quanto maior a interacção, mais sinergia se desenvolve entre os seus elementos e mais valor é criado.
Intellectual capital has been described as the set of intangibles that drives the organizational value and nurtures the sustainable competitive advantage. Knowledge lies at the heart of the intellectual capital concept and the intangibles cannot create value if they are not combined and transformed. Even knowledge is not worth much if it is not put to productive use along with other resources. This means that intellectual capital is a phenomenon of interrelationships and interactions. Recent studies prove that, while organizations agree that intellectual capital is of strategic importance, few are able to define or identify it, and they ignore how to use it. So, the first challenge for the intellectual capital researchers is to prove its ability to create value and demonstrate how it contributes to a superior business performance. Some authors verify a positive and significant association between intellectual capital and business performance. However, there is no evidence on the interaction effects among its components and business performance. The purpose of our study is: (i) to develop and validate an intellectual capital measurement instrument; (ii) to examine interrelationships among intellectual capital components and business performance and; (Hi) to test the interaction effects among intellectual capital components and business performance. Data were collected from a banking sector sample using the "key informants" methodology. Research model and hypotheses are analysed using PLS (Partial Least Squares) statistical approach. The results of our study confirm that: (i) there exists a positive and significant relationship between intellectual capital and business performance and; (ii) organizational value is created when intellectual capital components interact with each other and as more interaction, more synergy is developed among its elements and more value is created.
Description: Doutoramento em Gestão
URI: http://hdl.handle.net/10400.5/3878
Appears in Collections:DG - Teses de Doutoramento / Ph.D. Thesis
BISEG - Teses de Doutoramento / Ph.D. Thesis

Files in This Item:

File Description SizeFormat
TD-MRMFC-2006.pdf22.64 MBAdobe PDFView/Open
Restrict Access. You can request a copy!
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

 
Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE