UTL Repository >
ISEG - Instituto Superior de Economia e Gestão / ISEG - School of Economics & Management Lisbon >
Biblioteca Francisco Pereira de Moura / Francisco Pereira de Moura Library >
BISEG - Dissertações de Mestrado / Master Thesis >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10400.5/3834

Title: Impacto da fiscalidade nas decisões de fusões e aquisições em Portugal
Authors: Barros, Victor Maurílio Silva
Advisor: Neves, João Carlos Carvalho das
Keywords: Fusões e aquisições
Decisões de investimento
Fiscalidade
Mergers and acquisitions
Taxation
Decision making
Issue Date: Jun-2011
Publisher: ISEG
Citation: Barros, Victor Maurílio Silva. 2011. "Impacto da fiscalidade nas decisões de fusões e aquisições em Portugal". Dissertação de Mestrado. Universidade Técnica de Lisboa. Instituto Superior de Economia e Gestão.
Abstract: Este estudo pretende determinar se a fiscalidade influenciou as decisões dos gestores das empresas compradoras nas fusões e aquisições (F&A) realizadas em Portugal entre 2000 e 2009. Após confirmar as F&A ocorridas em Portugal no período seleccionado, a metodologia de investigação consistiu no envio de um inquérito por questionário às empresas seleccionadas. Por ter sido possível categorizar as respostas obtidas por grupos (empresas nacionais e estrangeiras; cotadas e não cotadas; grandes empresas e pequenas e médias empresas (PME); envolvidas em 3 ou menos F&A e em 4 ou mais) foram efectuadas análises entre grupos e em termos agregados. No geral, os resultados obtidos sugerem que a fiscalidade teve pouca importância nas decisões de F&A. Os três principais factores fiscais que influenciaram as decisões de F&A dos gestores respondentes foram a tributação dos dividendos, a transmissibilidade de créditos e de prejuízos fiscais e a tributação internacional. Contudo, entre grupos verificou-se uma diferença substancial para as PME, cujos gestores consideraram como factor fiscal mais importante nas decisões de F&A o sistema judicial tributário. Encontrou-se também algumas situações em que a fiscalidade em Portugal denota ser pouco competitiva em relação a outros países da União Europeia. Como resultado do estudo desenvolvido, foram ainda indicadas algumas recomendações de alteração ao sistema fiscal português de forma a incentivar as F&A.
This study aims to determine if taxation influenced the investment decision making of the acquirers companies in the mergers and acquisitions (M&A) that took place in Portugal between 2000 and 2009. First it was confirmed all the M&A transactions in the selected period. The research methodology consisted in a questionnaire that was sent to the board of selected companies. Because we have achieved enough responses to set some groups (Portuguese and foreign companies; listed and non-listed companies; large companies and small and medium enterprises (SME); companies with 3 or less M&A and companies with 4 or more), joint and separate analyses for groups have been made. Overall, our results suggest that taxation did not affect significantly the M&A decisions. The three main important tax issues for respondents were the dividends taxation, the transfer of tax credits and tax losses, and the international taxation. However, between groups there was a substantial difference for SME where the main tax issue in M&A decisions was the judicial system. During the research was found some weaknesses of Portuguese taxation comparing to other European Union Members. As a result it was also possible to make some recommendations to improve the Portuguese fiscal system in order to encourage more M&A transactions.
URI: http://hdl.handle.net/10400.5/3834
Appears in Collections:DG - Dissertações de Mestrado / Master Thesis
BISEG - Dissertações de Mestrado / Master Thesis

Files in This Item:

File Description SizeFormat
ISEG - Victor Barros - Mestrado em Finanças.pdf1.79 MBAdobe PDFView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

 
Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE