UTL Repository >
ISEG - Instituto Superior de Economia e Gestão / ISEG - School of Economics & Management Lisbon >
Biblioteca Francisco Pereira de Moura / Francisco Pereira de Moura Library >
BISEG - Dissertações de Mestrado / Master Thesis >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10400.5/3763

Title: Cobertura do risco de longevidade para a população portuguesa no mercado obrigacionista
Authors: Carlos, Rúben Filipe Clarinha Pereira
Advisor: Simões, Onofre Alves
Keywords: Longevidade
Obrigações de sobrevivência
Mortalidade
Modelos estocásticos de mortalidade
Longevity
Survivor bonds
Mortality
Stochastic mortality models
Issue Date: Oct-2011
Publisher: Instituto Superior de Economia e Gestão
Citation: Carlos, Rúben Filipe Clarinha Pereira. 2011. "Cobertura do risco de longevidade para a população portuguesa no mercado obrigacionista". Dissertação de Mestrado. Universidade Técnica de Lisboa. Instituto Superior de Economia e Gestão.
Abstract: Os aumentos na longevidade humana têm-se evidenciado nas últimas décadas e constituem uma das questões chave para a indústria das pensões. Para a cobertura do risco de longevidade, vários produtos têm sido criados nos mercados financeiros, procurando lidar com a situação. Para que a emissão de tais produtos seja uma realidade, muitos modelos estocásticos têm sido desenvolvidos com o objectivo de prever as taxas de mortalidade futuras. Neste trabalho, discutem-se os referidos produtos e simula-se a criação de duas obrigações de sobrevivência, indexadas a um índice de sobrevivência, construído com base nos dados da mortalidade da população portuguesa. A estimação das taxas de mortalidade é feita utilizando um modelo estocástico de dois factores, o modelo de Cairns-Blake-Dowd. Com o índice construído, procura dar-se um contributo para a resolução do problema de cobertura do risco de longevidade que as entidades gestoras enfrentam em Portugal.
Increases in life expectancy have been noticeable in recent decades and this is considered to be one of the key issues for the pensions industry. To address the longevity risk hedging, several instruments have been discussed within the financial markets, in order to find a solution. So that these financial instruments can be issued, many stochastic models have been produced, to match the evolution of the mortality curve as close as possible. In this paper, we discuss and simulate the issue of two longevity bonds with cash flows linked to the evolution of a survival index, built over the Portuguese mortality data. The estimation of mortality rates is performed using a two-factor stochastic model, the Cairns-Blake-Dowd model. The main objective is to develop a hedging solution to the increases in human longevity in Portugal.
Description: Mestrado em Finanças
URI: http://hdl.handle.net/10400.5/3763
Appears in Collections:DG - Dissertações de Mestrado / Master Thesis
BISEG - Dissertações de Mestrado / Master Thesis

Files in This Item:

File Description SizeFormat
DM-RFCPC-2011.pdf17.99 MBAdobe PDFView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

 
Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE