UTL Repository >
ISEG - Instituto Superior de Economia e Gestão / ISEG - School of Economics & Management Lisbon >
Biblioteca Francisco Pereira de Moura / Francisco Pereira de Moura Library >
BISEG - Dissertações de Mestrado / Master Thesis >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10400.5/3612

Title: Organização do trabalho e novas tecnologias : que realidade pós-taylorista/fordista?
Authors: Pinto, Alexandra Manuela Jorge Ferreira Teixeira
Advisor: Santos, Maria João Nicolau dos
Keywords: Organização do trabalho
Pós-taylorismo/fordismo
Qualificações e tecnologias de informação e comunicação
Organization of work
post-taylorism/fordism
Qualifications and information and communication technologies
Issue Date: Mar-2004
Publisher: Instituto Superior de Economia e Gestão
Citation: Pinto, Alexandra Manuela Jorge Ferreira Teixeira. 2004. "Organização do trabalho e novas tecnologias : que realidade pós-taylorista/fordista?". Dissertação de Mestrado. Universidade Técnica de Lisboa. Instituto Superior de Economia e Gestão
Abstract: Há muito que investir em tecnologias sem atender à (re)organização do trabalho e consequente (re)qualificação das pessoas deixou de ser "a melhor forma" para se enfrentar o mercado. Em boa verdade, não existe o "modelo ideal". O cenário é de complexidade e diversidade, sendo essa heterogeneidade de situações extensível à realidade interna de uma mesma empresa. Não obstante a diversidade de estratégias organizacionais, há combinações e modos específicos de organizar o trabalho que se vêm tornando predominantes na realidade pós-taylorist/fordista do mundo empresarial: para além de taylorista, cuja forte herança continua a marcar presença no actual contexto, destacamos o neo-taylorista, a lean production e o antropocêntrico. Efaxctuada a avaliação do cenário em que se estão a desenvolver novas formas de organizar o trabalho, procura-se, no estudo empírico, conhecer as acções que nesta matéria têm vindo a ser implementadas por um dos bancos com melhor posição no mercado financeiro nacional. Na óptica da organização do trabalho, as iniciativas empreendidas pela empresa estudada demonstram a existência de um modelo híbrido de organização do trabalho, que se inscreve no contínuo entre o neo-taylorismo e a lean production. Neste contínuo, as funções e os locais de trabalho que mais se regem por princípios chave da lean production são os que maior proximidade têm com o cliente - Gestores de Cliente e Agências.
It's been a long time that investing in technologies without understanding the (re)organization of work and consequent (re)qualification of people has ceased to be "the best way" to confront the market. The real truth, "the ideal model" does not exist. The scenario to the internal reality of the same enterprise. In spite of the diversity or organizational strategies, there are arrangements and specific methods of organizing the work that is seen turning predominant in post-taylorist/fordist reality of the business world: besides taylorist, whose strong legacy continues to mark presence in the existing context, we point-out the neo-taylorist, the lean production and the anthropocentric models. Having made the evaluation of this scenario in which new forms os organizing the work are being developed, we look for, in this empirical study, to identify the actions that on this subject is being implemented by one of the banks with the best position in the national financial market. In view of the organization of work, the initiatives undertaken by the bak studied, shows the existence of a hybrid model of organizing work, that lies between the neo-taylorism and the lean production. In this context, the functions and work places that most directly contribute towards the business (Account Managers and Branches), are guided by key principles of lean production.
Description: Mestrado em Sociologia Económica e das Organizações
URI: http://hdl.handle.net/10400.5/3612
Appears in Collections:DCS - Dissertações de Mestrado / Master Thesis
BISEG - Dissertações de Mestrado / Master Thesis

Files in This Item:

File Description SizeFormat
DM-AMJFTP-2004.pdf13.46 MBAdobe PDFView/Open
Restrict Access. You can request a copy!
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

 
Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE