UTL Repository >
ISEG - Instituto Superior de Economia e Gestão / ISEG - School of Economics & Management Lisbon >
Biblioteca Francisco Pereira de Moura / Francisco Pereira de Moura Library >
BISEG - Dissertações de Mestrado / Master Thesis >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10400.5/3582

Title: Significado do 1º pilar da política monetária do Eurosistema
Authors: Oliveira, Jorge Manuel Caetano de
Advisor: St. Aubyn, Miguel
Keywords: BCE
inflação
taxa de crescimento M3
procura de moeda
modelo p* adaptado
vector autoregressivo
ECB
inflation
M3 growth rate
money demand
adapted P-Star model
autoregressive vector
Issue Date: May-2002
Publisher: Instituto Superior de Economia e Gestão
Citation: Oliveira, Jorge Manuel Caetano de. 2002. "Significado do 1º pilar da política monetária do Eurosistema". Dissertação de Mestrado. Universidade Técnica de Lisboa. Instituto Superior de Economia e Gestão
Abstract: O presente estudo tem como objectivo fundamental investigar qual o significado do papel atribuído pelo Banco Central Europeu (BCE) ao agregado monetário largo M3 na condução da política monetária na zona euro. Partindo de um breve enquadramento teórico quanto ao papel atribuído pelo BCE à moeda, procede-se a uma análise empírica, baseada em vectores autoregressivos (usando essencialmente as variáveis macroeconómicas: taxa de crescimento do M3, hiato do M3 em termos reais, taxa de inflação e hiato do produto), no sentido de detectar evidência empírica de suporte ao papel proeminente que foi atribuído à moeda pelo BCE. As principais conclusões deste estudo apontam para a existência de uma enorme sensibilidade em torno da definição da taxa de inflação. No entanto, partindo-se da taxa de inflação medida pelo deflator do Produto Interno Bruto (PIB), a evidência empírica parece sugerir uma certa primazia como indicador de evolução futura dos preços o hiato do M3 em termos reais quando comparado quer com a taxa de crescimento do agregado monetário largo M3 quer com o hiato do produto.
The main target of this study is to investigate the meaning of the role assigned by the European Central Bank (ECB) to the broad monetary aggregate M3 in its conduction of the monetary policy for the euro area. The work begins with a brief theoretic framing of the role assigned to the money by ECB, which is followed by an empirical analysis, based on autoregressive vectors (employing essentially the following macroeconomic variables: growth rate of M3, real gap of M3, inflation rate and output gap), with the objective of detecting empirical evidence that support the prominent role of money assigned by the ECB. The main conclusions of this study support the existence of a high sensibility to the definition of the inflation rate. However, starting with the best measure of inflation rate based on Gross Domestic Product (GDP) deflator, the empirical evidence supports a certain primacy, as future inflation indicator, to the real gap of M3 rather than to the growth rate of M3 or output gap.
Description: Mestrado em Economia Monetária e Financeira
URI: http://hdl.handle.net/10400.5/3582
Appears in Collections:DE - Dissertações de Mestrado / Master Thesis
BISEG - Dissertações de Mestrado / Master Thesis

Files in This Item:

File Description SizeFormat
DM-JMCO-2002.pdf3.48 MBAdobe PDFView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

 
Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE