UTL Repository >
Faculdade de Medicina Veterinária >
Biblioteca >
BFMV - Teses de Mestrado 2º. Ciclo >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10400.5/3504

Title: Patologias mais relevantes nos suínos criados em sistemas de produção intensiva no concelho de Leiria
Authors: Carreira, Lara Cristina Ferreira
Advisor: Serra, João António Sabino
Carvalho, Luís Manuel Madeira de
Keywords: Suínos
Sistema intensivo
Leiria
Parasitas
Infecciosas
Doenças
Maneio
Pigs
Intensive system
Parasites
Infectious
Diseases
Management
Issue Date: 4-Jul-2011
Publisher: Universidade Técnica de Lisboa. Faculdade de Medicina Veterinária
Citation: CARREIRA, L. C. F. (2011). Patologias mais relevantes nos suínos criados em sistemas de produção intensiva no concelho de Leiria. Dissertação de Mestrado. Universidade Técnica de Lisboa, Faculdade de Medicina Veterinária, Lisboa.
Abstract: A carne de porco é uma das carnes mais consumidas do mundo, com evidências de pecuária suína que datam de 5000 a.C.. Na União Europeia produz-se 17,8 milhões de toneladas de carne de porco por ano, detendo o segundo lugar a nível mundial, depois da China. Os sistemas de gestão agrícola dominantes baseiam-se na produção intensiva e numa alimentação constituída por rações. A maior produção de suínos em Portugal encontra-se na região de Lisboa e Vale do Tejo. O sistema intensivo tem como base bons reprodutores, um óptimo ambiente e boas técnicas de maneio. A sanidade e a saúde são pilares de sustentação da produção intensiva de suínos, uma vez que tem como objectivo a diminuição dos riscos e dos custos, e portanto, exige medidas, entre outras, de biossegurança, programas de vacinação, medicações profilácticas, programas de limpeza e desinfecção. As monitorizações sanitárias são uma forma de constatar, qualificar e quantificar o nível sanitário das populações de suínos para determinada doença ou infecção. As doenças causadas por endoparasitas e ectoparasitas merecem grande atenção, pois são responsáveis por grandes perdas anuais em suiniculturas. Neste trabalho foram estudados suínos criados em regime intensivo em várias explorações do concelho de Leiria, durante um período de seis meses consecutivos compreendidos entre Setembro de 2010 e Fevereiro de 2011. O trabalho iniciou-se com uma aprendizagem das técnicas de maneio, sendo desenvolvidas várias colheitas e processamentos laboratoriais de amostras de fezes de suínos nas várias fases de produção, mediante o método de Willis, assim como amostras de sangue para serologia. Os objectivos do trabalho incluíram a identificação das formas parasitárias, sorologias positivas e das doenças mais frequentes nas explorações em estudo. Os resultados obtidos durante estes 6 meses revelaram que as parasitoses mais frequentemente encontradas são a ascaridiose e a oesofagostomose, com 13% e 89% respectivamente, e as doenças infecciosas mais frequentes são a Aujeszky, a Circovirose, o PRRS, a Parvovirose, a Influenza, a APP e a Pneumonia Enzoótica. Todas as outras doenças relatadas neste trabalho são devidas, basicamente, a deficiências de maneio.
ABSTRACT - Pork meat is one of the most consumed in the world, with evidence of swine farming dating back to 5000 BC. In the European Union are produced 17,8 million tons of pork per year, holding second place worldwide, after China. The dominant agricultural management systems are based on intensive system and feeding consisting of ration. The largest pig production in Portugal is located in Lisbon and Tagus Valley. The intensive system is based on good breeding, great environment and good management techniques. The sanity and animal health is one of the pillars of intensive swine production, since that aims to reduce risks and costs, and therefore requires biosecurity measures, vaccination programs, prophylactic medications, cleaning and disinfection programs, among others. The sanitary monitoring is one way to find and characterize, both on qualitative and quantitative grounds of health of pig populations for disease or infection. The diseases caused by ectoparasites and endoparasites deserve great attention as they are responsible for large annual losses in pig farms. This work studied pigs reared in intensive system in several farms in the municipality of Leiria, during a period of 6 consecutive months between September 2010 and February 2011. The work began with a learning of management techniques, and developed various collection techniques and laboratory processing of fecal samples from pigs in various stages of production, by the Willis method, as well as blood samples for serology. The objectives of the work included the identification of parasites, seropositivity and diseases more common on the studied farms. The results obtained during these 6 months revealed that most parasitic diseases that were often found included where ascaridiosis and oesophagostomosis, with 13% and 89% respectively, and the most common infectious diseases were Aujeszky’s disease, Circovirosis, PRRS, Parvovirosis, Influenza, APP and Enzootic Pneumonia. All other illnesses reported in this study are due primarily to deficiencies in management techniques.
Description: Dissertação de Mestrado Integrado em Medicina Veterinária
URI: http://hdl.handle.net/10400.5/3504
Appears in Collections:BFMV - Teses de Mestrado 2º. Ciclo

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Patologias mais relevantes nos suinos criados em sistemas de produçao intensiva no concelho de Leiria.pdf1.44 MBAdobe PDFView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

 
Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE