UTL Repository >
Faculdade de Medicina Veterinária >
Biblioteca >
BFMV - Teses de Mestrado 2º. Ciclo >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10400.5/3503

Title: Performance reprodutiva, produtiva e características comportamentais de vacas Holstein-Frísia em comparação com os respectivos cruzamentos com Montbéliarde e Vermelha Sueca
Authors: Oliveira, Marta Sofia Ribeiro de
Advisor: Stilwell, George Thomas
Keywords: Montbéliarde
Vermelha Sueca
Cruzamentos
Heterose
Holstein-Frísia
Vacas de leite
Swedish Red
Crossbreeding
Heterosis
Holstein-Friesian
Dairy cow
Issue Date: 1-Jun-2011
Publisher: Universidade Técnica de Lisboa. Faculdade de Medicina Veterinária
Citation: OLIVEIRA, M. S. R. (2011). Performance reprodutiva, produtiva e características comportamentais de vacas Holstein-Frísia em comparação com os respectivos cruzamentos com Montbéliarde e Vermelha Sueca. Dissertação de Mestrado. Universidade Técnica de Lisboa, Faculdade de Medicina Veterinária, Lisboa.
Abstract: Nos últimos anos, a evolução tecnológica reprodutiva em conjunto com técnicas de melhoramento e selecção avançadas permitiram a intensificação da produção de bovinos de leite, sendo raça Holtein-Frísia (HF), maioritariamente utilizada neste contexto. Como resultado, a raça HF tem sido sujeita a uma pressão de selecção elevado e a um aumento do coeficiente de consanguinidade. A depressão consanguínea crescente, o declínio da fertilidade e outras características funcionais, levaram à implementação de tecnologias de melhoramento genético mais sustentáveis. O cruzamento entre raças (Crossbreeding) tem sido apontado como uma das formas de aumentar a sustentabilidade em termos de saúde, fertilidade e longevidade, sendo a heterose umas das formas de atenuar os efeitos da depressão consanguínea. O objectivo deste trabalho foi realizar um estudo comparativo de 30 fêmeas primíparas puras (HF) e fêmeas primíparas cruzadas, 32 Montbéliard x HF (MBxHF) e 28 Vermelha Sueca x HF (VSxHF) tendo em conta a performance reprodutiva, produtiva, incidência de doenças e características comportamentais. Em termos de performance reprodutiva (índices de fertilidade, incidência de distócia e nados mortos na descendência, incidência de doença reprodutiva no pós-parto) e performance produtiva as raças cruzadas não diferiram em relação à raça pura. As principais diferenças encontradas nos grupos genéticos foram a maior concentração de corpos cetónicos sanguíneos nas vacas puras HF relativamente às vacas MBxHF e maior incidência de mastite clínica no grupo VSxHF O temperamento e adaptação à ordenha foi mais difícil nos indivíduos MBxHF do que na raça pura, sendo os indivíduos VSxHF os menos temperamentais em termos de resposta às alterações de maneio. Estes dados reflectem apenas uma fase inicial da vida produtiva nos bovinos de leite, não sendo suficiente para uma comparação da performance geral resultante da heterose. No entanto, tendo em conta a necessidade de interpretação do temperamento na selecção genética, esta foi a fase ideal para estudar o temperamento na ordenha em diferentes raças, pois os primeiros dias de lactação são os mais propícios ao desenvolvimento de perturbações comportamentais a ambientes não familiares.
ABSTRACT - Reproductive and productive performance, and behavioral characteristics of purebred Holstein-Friesian compared with their crossbreds with Montbeliarde and Swedish Red - During the last decades, developments in reproductive technologies together with advanced breeding and selection programs, led to the intensification of production of dairy cows and Holstein-Friesian (HF) is the breed mainly used in this context. As a result, HF has been subjected to a high selection pressure, leading to an increase in inbreeding coefficient. The increase in inbreeding depression, the decline in fertility and other functional characteristics, led to the implementation of more sustainable breeding technologies. Crossbreeding has been suggested as a way to increase sustainability of health, fertility and longevity in dairy cows and it is known that heterosis can reduce the effects of inbreeding depression. The aims of this study were to determine differences between 30 pure Holsteins and crossbreds of 32 Montbeliarde x HF and 28 Swedish Red x HF during first lactation for reproductive and productive performance, disease incidence in post-partum period and behavioral traits. Pure Holsteins were not different from both crossbreds‟ cows for fertility rates, incidence of dystocia and stillbirth, incidence of postpartum diseases, and productive traits. The main differences found were: high levels of blood ketone-bodies in purebred HF than in crossbreds Montbeliard x HF and higher incidence of clinical mastitis in crossbred Swedish Red x HF. The behavior at milking was more difficult in crossbreds MBxHF. Cross-breds VSxHF were less temperamental than the other two genetic groups. These data reflect the early stage of a productive life in dairy cows, but is not enough for a comparison of the overall performance resulting from heterosis. However, taking into regard the need for interpretation of behavior in genetic selection, this is a small study that may help identify the differences and potential problems of crossbreeds.
Description: Dissertação de Mestrado Integrado em Medicina Veterinária
URI: http://hdl.handle.net/10400.5/3503
Appears in Collections:BFMV - Teses de Mestrado 2º. Ciclo

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Performance reprodutiva, produtiva e caracteristicas comportamentais de vacas Holstein Frisia em comparaçao com os respectivos cruzamentos com Montbeliarde e Vermelha Sueca.pdf1.14 MBAdobe PDFView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

 
Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE