UTL Repository >
ISEG - Instituto Superior de Economia e Gestão / ISEG - School of Economics & Management Lisbon >
Biblioteca Francisco Pereira de Moura / Francisco Pereira de Moura Library >
BISEG - Dissertações de Mestrado / Master Thesis >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10400.5/3488

Title: Critérios qualitativos na atribuição de rating : importância dada pelos bancos e impacto nas PME
Authors: Silva, Gonçalo Francisco de Oliveira Vilela da
Advisor: Vaz, Jorge Landeiro de
Keywords: Rating
Basileia II
Standard
IRB Foudation
IRB Advanced
Critérios Qualitativos
Basel II
Qualitative Criteria
Issue Date: Feb-2011
Publisher: Instituto Superior de Economia e Gestão
Citation: Silva, Gonçalo Francisco de Oliveira Vilela da. 2011. "Critérios qualitativos na atribuição de rating : importância dada pelos bancos e impacto nas PME". Dissertação de Mestrado. Universidade Técnica de Lisboa. Instituto Superior de Economia e Gestão
Abstract: A implementação do Acordo Basileia II leva a uma uniformização nos modelos de gestão e de supervisão criando, assim, condições de maior equidade no mercado bancário. O Novo Acordo de Capital traça linhas concretas no que concerne à gestão de riscos e designadamente à gestão do risco de crédito. Define, em sequência disto, um nível mínimo de solvabilidade de 8% que deverá ser cumprido e o qual representa um nível considerado adequado de exposição ao risco. Para a obtenção deste nível mínimo de capital os bancos têm à sua disposição três métodos de classificação de clientes. Estes métodos diferem no grau de autonomia que é directamente proporcional à sofisticação e à complexidade dos mesmos. No entanto, os ratings atribuídos não são apenas relacionados com modelos estatísticos da carteira e têm em conta o tipo de cliente e a sua situação perante o mercado e perante o banco. Assim, os modelos de rating são alimentados por informação externa recolhida junto de outras entidades ou directamente junto das empresas clientes. O estudo desenvolvido pretende perceber quais os critérios qualitativos que os bancos utilizam, directamente relacionados com a informação recolhida junto das empresas e qual o impacto desses critérios nas decisões de crédito. Os resultados permitem concluir uma utilização diversa dos métodos disponibilizados por Basileia II, mas com uma tendência de homogeneização para o Método IRB Foundation. É ainda possível perceber que os critérios qualitativos, apesar de serem a parte menos significativa do rating, apresentam alguma expressão e mesmo capacidade para poderem influenciar a atribuição do mesmo. Têm as empresas o ónus de fornecer atempadamente a informação pretendida pelos bancos, podendo com isso beneficiar de uma participação mais activa na discussão das condições de crédito e ajudar à atribuição do seu próprio rating.
The implementation of Basel II leads to a uniformity in the models of management and supervisory thus creating conditions for greater equity in the banking market. The New Basel Capital Accord outlines concrete lines with regard to risk management and particularly the management of credit risk. Sets, in consequence of this, a minimum 8% solvency that must be met and that represents a level considered appropriate risk exposure. To achieve this minimum level of capital banks have at their disposal three methods of classification of customers. These methods differ in the degree of autonomy which is directly proportional to the sophistication and complexity of them. However, the ratings are not just related to statistical models of the portfolio and take into account the type of client and his situation before the market and to the Bank, so the rating models are powered by external information gathered from other entities or directly from the client companies. The study aims to understand which developed the qualitative criteria that banks use, directly related to the information collected from companies, and the impact of these criteria in lending decisions. The results suggest a different use of the methods offered by Basel II, but with a trend of homogenization for IRB Foundation. You can also see that the qualitative criteria, although the smaller the rating, have some capacity for expression and even to influence the award of the same. Companies have a duty to provide timely information required by banks, and this may benefit from more active participation in the discussion of credit conditions and help the assignment of his rating.
Description: Mestrado em Finanças
URI: http://hdl.handle.net/10400.5/3488
Appears in Collections:DG - Dissertações de Mestrado / Master Thesis
BISEG - Dissertações de Mestrado / Master Thesis

Files in This Item:

File Description SizeFormat
TeseMestrado_GonçaloFranciscoOliveiraVilelaSilva.pdf651.03 kBAdobe PDFView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

 
Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE