UTL Repository >
FA - Faculdade de Arquitectura >
DHTAUD - Departamento de História e Teoria da Arquitectura, Urbanismo e Design >
DHTAUD - Teses de Mestrado >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10400.5/3296

Title: Estratégias de design na construção de narrativas expositivas. O efémero como estratégia. Feira do livro de Lisboa
Authors: Abreu, Fábio Duarte Teles
Advisor: Duarte, Rui Barreiros
Keywords: Design
Éfemero
Módulo
Estratégia
Imaginário
Ephemeral
Strategy
Imaginary
Issue Date: Oct-2010
Publisher: Faculdade de Arquitectura de Lisboa
Citation: ABREU, Fábio Duarte Teles - Estratégias de design na construção de narrativas expositivas. O efémero como estratégia. Feira do livro de Lisboa. Lisboa : FA, 2010. Tese de Mestrado.
Abstract: O efémero como estratégia, decorre da necessidade de dar resposta adequada a um problema específico: um 'abrigo' respondendo a diversos contextos da adversidade - catátrofes, deslocações humanas, acontecimentos lúdicos, festivos ou tematizados, eventos sociais e feiras. Os desafios colocados implicam aumentar a rapidez de execução, a facilidade de transporte e a capacidade de adaptação a soluções temporárias de natureza religiosa ou apoio ao poder político, de âmbito social, cultural ou comercial. Eventos sociais, exposições - as 'expos' - , eventos urbanos, concertos e festivais musicais, feiras de artesanato, desfiles de moda e as feiras, - como a Feira do Livro -, utilizam estruturas efémeras para uma função específica durante um tempo restrito. O seu design potencia a capacidade de tirarem partido do universo da contingência: utilizando diferentes materiais em função dos objectivos ou pela introdução de elementos inovadores, contribuem para a conceptualização e exploração dum imaginário específico. Os desenvolvimentos tecnológicos constituem hoje um domínio experimental com enorme potencial no âmbito das construções efémeras. Os modelos são melhorados, utilizam-se novos materiais e estruturas, num processo sobre o qual o design actua. Redefinem-se modelos conceptuais e metodologias de abordagem a um problema, e operacionalizam-se processos criativos que permitam colocar produtos competitivos no mercado.
The ephemeral as strategy comes from the nesessity of giving an adequate answer to a specific problem: a kind of 'shelter', providing an answer to multiple contexts of adversity-catastrophes, human displacements, festive, thematic or social events and fairs. Challenges require increasing execution time, transportation services and the capacity of adaptation to temporary solutions from religious nature or from support to political power, within the social, cultural or business scope. Social events, exhibitions - the 'Expos' -, urban events, concerts, musicals and festivals, handcraft fairs, fashion runway shows and cultural fairs, - as The Book Fair -, imply the use of ephemeral structures for a specific purpose during a certain amount of time. Its design promotes the possibility of taking advantage of the contingency universe: using different materials according to the objectives or the introduction of new elements contribute to conceptualize and explore a specific imaginary. Nowadays, the technological developments constitute an experimental domain with an enormous potential in the field of the ephemeral production. The models are improved, new material and structures are implemented in process upon which design acts. Conceptual models and problem solving methods are applied and creative processes, that allow introducing competitive products in the market, are implemented.
Description: Tese de Mestrado em Design
URI: http://hdl.handle.net/10400.5/3296
Appears in Collections:BFA - Teses de Mestrado
DHTAUD - Teses de Mestrado

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Estrategias de Design na Construcao de Narrativas Expositivas.pdf7.15 MBAdobe PDFView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

 
Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE