UTL Repository >
Faculdade de Medicina Veterinária >
Biblioteca >
BFMV - Teses de Mestrado 2º. Ciclo >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10400.5/3135

Title: Diferentes abordagens terapêuticas em cães com parvovirose : caracterização do uso de antibióticos
Authors: Ferreira, Mariana Ornelas
Advisor: Niza, Maria Manuela Grave Rodeia Espada
Keywords: Antibioterapia
Taxa de sobrevivência
Hospitalização
Parvovirose
Cão
Antibiotic therapy
Survival rate
Hospitalization
Parvovirus enteritis
Dogs
Issue Date: 29-Apr-2011
Publisher: Universidade Técnica de Lisboa. Faculdade de Medicina Veterinária
Citation: FERREIRA, M. O. (2011). Diferentes abordagens terapêuticas em cães com parvovirose : caracterização do uso de antibióticos. Dissertação de Mestrado. Universidade Técnica de Lisboa, Faculdade de Medicina Veterinária, Lisboa.
Abstract: A PARVOVIROSE CANINA É UMA IMPORTANTE CAUSA DE MORBILIDADE E MORTALIDADE EM MEDICINA VETERINÁRIA. EMBORA O TRATAMENTO ADEQUADO SEJA FREQUENTEMENTE BEM-SUCEDIDO, A TAXA DE SUCESSO TEM PERMANECIDO PRATICAMENTE INALTERADA AO LONGO DOS ANOS, REFLECTINDO UMA CLARA NECESSIDADE DE TERAPÊUTICAS MAIS EFICAZES QUE DIMINUAM A MORBILIDADE E O TEMPO DE HOSPITALIZAÇÃO, QUE AUMENTEM A TAXA DE SOBREVIVÊNCIA E QUE REDUZAM O CUSTO DO TRATAMENTO, TORNANDO-O ECONOMICAMENTE MAIS VIÁVEL TANTO PARA OS PROPRIETÁRIOS COMO PARA AS INSTITUIÇÕES PROTECTORAS. A UTILIZAÇÃO DE DIFERENTES PROTOCOLOS DE ANTIBIOTERAPIA EM CÃES INTERNADOS COM PARVOVIROSE FOI OBJECTO DE ESTUDO NO PRESENTE TRABALHO. FORAM ANALISADOS OS DADOS REFERENTES A 240 CANÍDEOS INTERNADOS NA CLÍNICA VETERINÁRIA AZEVET, ENTRE 2000 E 2008. OS ANIMAIS FORAM DIVIDIDOS EM DIFERENTES GRUPOS DE ACORDO COM O PROTOCOLO DE ANTIBIOTERAPIA INSTITUÍDO. NO PRESENTE ESTUDO, NÃO FOI EVIDENCIADO O EFEITO DO GÉNERO, DA RAÇA, DA IDADE OU DO MÊS DE OCORRÊNCIA DA DOENÇA, NA TAXA DE SOBREVIVÊNCIA DOS ANIMAIS AFECTADOS. OS GRUPOS MAIS REPRESENTATIVOS FORAM COMPARADOS RELATIVAMENTE À TAXA DE SOBREVIVÊNCIA E À DURAÇÃO DO INTERNAMENTO. O GRUPO QUE RECEBEU AMOXICILINA E GENTAMICINA (AG) REGISTOU A TAXA DE SOBREVIVÊNCIA MAIS ELEVADA (95,5%), SEGUIDO PELO GRUPO QUE RECEBEU ENROFLOXACINA (E, 90%). OS GRUPOS QUE RECEBERAM AMOXICILINA (A) E CEFOXITINA E METRONIDAZOL (CM) REGISTARAM AS TAXAS DE SOBREVIVÊNCIA MAIS BAIXAS (76,9% E 75%, RESPECTIVAMENTE). A ANÁLISE ESTATÍSTICA REVELA UMA DIFERENÇA SIGNIFICATIVA (P=0,006) ENTRE ESTES GRUPOS. EM RELAÇÃO AO TEMPO DE INTERNAMENTO, A DIFERENÇA ENCONTRADA ENTRE AS MEDIANAS DOS NÚMEROS DE DIAS DE HOSPITALIZAÇÃO NÃO É SIGNIFICATIVA (P=0,785). OS RESULTADOS OBTIDOS PERMITIRAM CONCLUIR QUE EXISTE DIFERENÇA ENTRE OS PROTOCOLOS DE ANTIBIOTERAPIA EM CÃES COM PARVOVIROSE RELATIVAMENTE À TAXA DE SOBREVIVÊNCIA. A AVALIAÇÃO DA EFICÁCIA DOS DIFERENTES PROTOCOLOS DENTRO DE CADA ABORDAGEM TERAPÊUTICA RECOMENDADA NO TRATAMENTO DA PARVOVIROSE CANINA DEVE SER OBJECTO DE NOVOS ESTUDOS.
ABSTRACT - DIFFERENT THERAPEUTIC APPROACHES IN DOGS WITH PARVOVIRAL ENTERITIS - CHARACTERIZATION OF THE USE OF ANTIBIOTICS - THE CANINE PARVOVIRUS ENTERITIS REMAINS A MAJOR CAUSE OF MORBIDITY AND MORTALITY IN VETERINARY MEDICINE. ALTHOUGH THE APPROPRIATE TREATMENT IS OFTEN SUCCESSFUL, THE SURVIVAL RATE HAS REMAINED ESSENTIALLY UNCHANGED OVER THE YEARS, REFLECTING A NEED FOR MORE EFFECTIVE THERAPIES THAT REDUCE THE MORBIDITY AND HOSPITALIZATION TIME, INCREASE SURVIVAL RATE AND AT THE SAME TIME MAY ALSO REDUCE THE COST OF TREATMENT, MAKING IT MORE ECONOMICALLY PROFITABLE FOR OWNERS AND SHELTERS. THE USE OF DIFFERENT PROTOCOLS OF ANTIBIOTICS IN HOSPITALIZED DOGS WITH PARVOVIRUS ENTERITIS HAS BEEN OBJECT OF INVESTIGATION IN THIS STUDY. MEDICAL RECORDS OF 240 HOSPITALIZED DOGS WITH CANINE PARVOVIRUS ENTERITIS THAT WERE ADMITTED TO AZEVET, A LOCAL VETERINARY HOSPITAL, BETWEEN 2000 AND 2008 WERE ANALYZED. THE ANIMALS WERE DIVIDED INTO DIFFERENT GROUPS ACCORDING TO THE PROTOCOL OF THE ANTIBIOTIC ADMINISTERED. NO EVIDENCE OF THE EFFECT OF GENDER, BREED, AGE, OR MONTH OF OCCURRENCE ON THE SURVIVAL RATE WAS FOUND IN THE SAMPLE CHARACTERIZATION. THE MOST REPRESENTATIVE GROUPS WERE COMPARED ON THEIR SURVIVAL RATE AND DURATION OF HOSPITALIZATION. THE GROUP THAT RECEIVED AMOXICILLIN AND GENTAMICIN (AG) RECORDED THE HIGHEST SURVIVAL RATE (95.5%), FOLLOWED BY THE GROUP THAT RECEIVED ENROFLOXACIN (E, 90%). THE GROUPS THAT RECEIVED AMOXICILLIN (A) AND CEFOXITIN AND METRONIDAZOLE (CM) RECORDED THE LOWEST SURVIVAL RATES (76.9% AND 75% RESPECTIVELY). STATISTICAL ANALYSIS SHOWED A SIGNIFICANT DIFFERENCE (P=0.006) BETWEEN THESE GROUPS. REGARDING THE DURATION OF HOSPITALIZATION, THE DIFFERENCE BETWEEN THE MEDIAN NUMBERS OF DAYS OF HOSPITALIZATION WAS NOT SIGNIFICANT (P=0.785). THE RESULTS SHOWED THAT THERE ARE DIFFERENCES BETWEEN THE PROTOCOLS OF ANTIBIOTICS IN DOGS WITH PARVOVIRAL ENTERITIS ON THE SURVIVAL RATE. FURTHER INVESTIGATION IS WARRANTED IN ORDER TO EVALUATE THE EFFECTIVENESS OF THE VARIOUS PROTOCOLS OF THE DIFFERENT THERAPEUTIC APPROACHES RECOMMENDED IN THE TREATMENT OF CANINE PARVOVIRAL ENTERITIS.
Description: Dissertação de Mestrado Integrado em Medicina Veterinária
URI: http://hdl.handle.net/10400.5/3135
Appears in Collections:BFMV - Teses de Mestrado 2º. Ciclo

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Diferentes abordagens terapeuticas em caes com parvovirose.pdf2.35 MBAdobe PDFView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

 
Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE