UTL Repository >
ISCSP - Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas >
BISCSP - Biblioteca do Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas >
BISCSP – Teses de mestrado >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10400.5/2979

Title: Capital social, envelhecimento activo e dinâmicas de liderança: um estudo sobre as organizações sociais de apoio à população idosa em Oeiras
Authors: Martins, Maria Isabel Redondo
Advisor: Amaro, Fausto
Keywords: Envelhecimento
Associativismo
Liderança
Capital social
Activação social
Redes sociais
Ageing
Associativism
Leadership
Social capital
Social activation
Social networks
Issue Date: 28-May-2010
Publisher: Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas
Citation: MARTINS, Maria Isabel Redondo - Capital social, envelhecimento activo e dinâmicas de liderança: um estudo sobre as organizações sociais de apoio à população idosa em Oeiras [Em linha]. Lisboa: Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas, 210. Dissertação de Mestrado. [Consult. Dia Mês Ano] Disponível em www:<http://hdl.handle.net/10400.5/2979>.
Abstract: A presente tese tem como objecto de estudo as organizações de apoio à população idosa sediadas em Oeiras, com a particularidade de serem criadas e geridas por idosos; analisa a sua contribuição para o envelhecimento activo e produtivo dos associados, dinâmica de liderança, impacto na comunidade envolvente e papel como geradoras de capital social. A partir da análise do modelo de organização e funcionamento, entrevista aos seus líderes e questionário aplicado a uma amostra de associados, foram comparadas entidades previamente categorizadas de acordo com a sua orientação operativa em Convívio, Ensino e Conhecimento, e Apoio Psicossocial, e delineadas as suas semelhanças e singularidades, aferindo o desempenho de cada uma das tipologias a nível de produção de capital social. Os resultados alcançados permitiram determinar o papel do associativismo como fonte de capital social, o que pode ser potenciado pela tipologia da entidade, características do seu líder, bem como pela estrutura da organização e o seu relacionamento com o ambiente externo. Nas situações mais favoráveis pode surgir um compromisso cívico por parte dos líderes e associados, que gera um aumento de capital social a nível individual, organizacional e comunitário.
This thesis studies the elderly-supporting organizations characterized by foundation and management led by elderly people, at work in the municipality of Oeiras, Portugal; their contributions to the active and productive ageing of the associates, the leadership dynamics involved, the impact in the home community and their role as social capital generators is analysed. Using data from model and workflow analysis for each selected organization, leaders interview and a questionnaire applied to sampled associates, several entities classified according to their main scope (Socialization, Learning, and Psychosocial Support) were compared, emphasising common features and singularities, and performance at social capital production was gauged for each profile outlined. Our results allow for a documentation of the role of associativism as a source of social capital, a characteristic that can be enhanced according to the type of entity, traits of their leaders and internal structure, and the level of relationship established with the external environment. Given favourable circumstances, a civic commitment rises among elderly leaders and associates enhancing social capital simultaneously at individual, organizational and community levels.
Description: Dissertação de Mestrado em Política Social
URI: http://hdl.handle.net/10400.5/2979
Appears in Collections:BISCSP – Teses de mestrado

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Tese_Isabel_Martins.pdf3.45 MBAdobe PDFView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

 
Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE