UTL Repository >
ISEG - Instituto Superior de Economia e Gestão / ISEG - School of Economics & Management Lisbon >
Biblioteca Francisco Pereira de Moura / Francisco Pereira de Moura Library >
BISEG - Dissertações de Mestrado / Master Thesis >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10400.5/2833

Title: Taxas de juro implícitas e situação financeira das empresas portuguesas: uma análise empírica
Authors: Morais, Filipe Manuel de Almeida
Advisor: Proença, Isabel
Keywords: canal de crédito
acelerador financeiro
comportamento de empresas
Portugal
Portugal
dados de painel
system GMM
credit channel
financial accelerator
firm behaviour
Portugal
panel data
system GMM
Issue Date: Mar-2007
Publisher: Instituto Superior de Economia e Gestão
Citation: Morais, Filipe Manuel de Almeida. 2007. "Taxas de juro implícitas e situação financeira das empresas portuguesas: uma análise empírica". Dissertação de Mestrado. Universidade Técnica de Lisboa. Instituto Superior de Economia e Gestão
Abstract: Este trabalho procura investigar a relação existente entre a situação financeira das empresas portuguesas e os seus custos de financiamento, utilizando-se para tal informação detalhada a nível microeconómico relativa a estes agentes económicos. Esta informação foi obtida a partir de um painel de dados composto por mais de 30.000 empresas não financeiras portuguesas, que integram a Central de Balanços do Banco de Portugal. De modo a garantir a obtenção de resultados fiáveis procurou-se aplicar uma metodologia econométrica relativamente recente, o system GMM, que permite explorar de forma dinâmica a informação contida em dados de painel. Os resultados apresentados confirmam a existência, em Portugal, de uma relação inversa entre a situação financeira das empresas e o seu custo de financiamento, avaliado por uma taxa de juro implícita estimada neste trabalho. Isto é consistente com a hipótese subjacente à teoria do acelerador financeiro, que sugere que melhorias na saúde financeira da empresa implicam uma diminuição no seu custo de financiamento.
This work intends to evaluate the relationship between the financial situation of Portuguese firms and their funding costs. In order to achieve such objective, we used detailed information on these economic agents at the micro level. This information was based on a panel dataset comprising more than 30.000 non-financial Portuguese firms, which is part of the Central Balance-Sheet Database held by Banco de Portugal. With the aim of obtaining sound and reliable empirical results, we applied a relatively recent econometric methodology, usually known as system GMM. Such technique makes possible the dynamic analysis of the information contained within panel datasets. The results obtained confirm the existence, in Portugal, of an inverse relation between firms' financial situation and their funding costs, measured by our estimates of an implicit interest rate. This result is consistent with the hypothesis underlying the financial accelerator theory, which suggests that improvements in firms' financial health imply a decrease in their funding costs.
Description: Mestrado em Economia Monetária e Financeira
URI: http://hdl.handle.net/10400.5/2833
Appears in Collections:DE - Dissertações de Mestrado / Master Thesis
BISEG - Dissertações de Mestrado / Master Thesis

Files in This Item:

File Description SizeFormat
ft-fmorais-2007.pdf285.51 kBAdobe PDFView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

 
Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE