UTL Repository >
ISEG - Instituto Superior de Economia e Gestão / ISEG - School of Economics & Management Lisbon >
Biblioteca Francisco Pereira de Moura / Francisco Pereira de Moura Library >
BISEG - Dissertações de Mestrado / Master Thesis >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10400.5/2777

Title: Existe sobrevalorização dos ganhos de curto prazo no mercado accionista português?
Authors: Coelho, Miguel Alexandre Reboixo
Advisor: Matos, Pedro Verga
Keywords: Miopia de mercado
Eficiência de mercado
Book value
Resultados supra-normais
Market myopia
Market efficiency
Book value
Abnormal earnings
Issue Date: Nov-2010
Publisher: Instituto Superior de Economia e Gestão
Citation: Coelho, Miguel Alexandre Reboixo. 2010. "Existe sobrevalorização dos ganhos de curto prazo no mercado accionista português?". Dissertação de Mestrado. Universidade Técnica de Lisboa. Instituto Superior de Economia e Gestão
Abstract: Um debate contínuo tem existido há vários anos sobre uma ineficiência específica dos mercados de capitais. Na literatura é conhecida por "market myopic behaviof ou "market short-termism". Esta ineficiência é descrita como a preferência, por parte dos investidores, pelos ganhos de curto prazo em detrimento dos ganhos de longo prazo. O objectivo deste trabalho foi verificar se no mercado accionista Português os investidores possuem a preferência acima referida, no período compreendido entre 2000 e 2008. Para tal, foi utilizado um modelo analítico que expressa o valor fundamental de uma empresa em função de componentes do balanço e da demonstração de resultados. Mais concretamente, estas componentes são: book value (valor patrimonial ou valor contabilístico dos capitais próprios) e estimativas dos resultados supra-normais (no curto e longo prazo). As evidências obtidas, favorecem a hipótese de eficiência e consequente rejeição da miopia de mercado. Ou seja, os investidores atribuem igual peso a cada uma das componentes do valor fundamental da empresa. No entanto, quando estabelecemos o nível de confiança em 10%, verifica¬se que os investidores atribuem maior peso ao valor patrimonial (book value). Ou seja, o que mais influencia o preço das acções e as suas variações é o valor já reconhecido nas contas da empresa.
For several years has been an ongoing debate about one such market inefficiency, namely, stock market myopic behavior or stock market short-termism. This inefficiency is described as a situation where the investors overvalue short-term earnings and undervalue long-term earnings. Using an accounting-based valuation model that generates predictions about how prices should relate to book value, expected near-term and long-term earnings this work examines if the Portuguese stock market exhibit such preference for short-term earnings for the period between 2000 and 2008. The evidence collected favors market efficiency and so we reject the claim of market myopia. The Portuguese stock market assigns the same weight for all the firms' value components. However, setting a 10% confidence level we found that investors overweight book value. So, what most influences the stock price and its changes is the portion of equity already recognized in prior years.
Description: Mestrado em Contabilidade, Fiscalidade e Finanças Empresariais
URI: http://hdl.handle.net/10400.5/2777
Appears in Collections:DG - Dissertações de Mestrado / Master Thesis
BISEG - Dissertações de Mestrado / Master Thesis

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Tese_Miguel Coelho_Versão Final.pdf852.54 kBAdobe PDFView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

 
Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE