UTL Repository >
Faculdade de Medicina Veterinária >
Biblioteca >
BFMV - Teses de Mestrado 2º. Ciclo >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10400.5/2770

Title: Estudo do pH da pele em cães saudáveis e cães com insuficiência renal crónica
Authors: Ferreira, Diana Raquel Martins da Silva
Advisor: Correia, José Henrique Duarte
Martins, Ana Mafalda Lourenço
Keywords: pH de pele
pH ácido
Antimicrobiano
Permeabilidade da barreira
Integridade/coesão
Insuficiência Renal Crónica
skin pH
Acidic pH
Antimicrobial
Permeability barrier
Integrity/cohesion
Chronic Renal Failure
Issue Date: 16-Dec-2010
Publisher: Universidade Técnica de Lisboa. Faculdade de Medicina Veterinária
Citation: FERREIRA, D. R. M. S. (2010). Estudo do pH da pele em cães saudáveis e cães com insuficiência renal crónica. Dissertação de Mestrado. Universidade Técnica de Lisboa, Faculdade de Medicina Veterinária, Lisboa.
Abstract: A natureza ácida da pele foi reconhecida há mais de um século. O pH ácido da superfície cutânea dos mamíferos desempenha várias funções de grande importância na manutenção da barreira epidérmica. Tem um papel fundamental na defesa antimicrobiana da epiderme, é indispensável para a homeostase da permeabilidade da barreira epidérmica e mantém a integridade/coesão do estrato córneo. No homem, sabe-se que elevações no pH do estrato córneo afectam as funções cutâneas podendo desencadear determinadas situações clínicas. Muitas das doenças dermatológicas em seres humanos, incluindo dermatite atópica e dermatite seborreica, estão associadas a um aumento do pH do estrato córneo. Este aumento do pH afecta por consequência a manutenção da barreira epidérmica e a integridade/coesão do estrato córneo. Ligeiras alterações no pH da pele podem resultar em manifestações clínicas mais graves ou prolongadas ou até mesmo dermatoses ocupacionais resistentes. O conhecimento do pH de pele dos canídeos é importante na medida em que nos permitirá realizar escolhas a nível de agentes acidificantes tópicos mais bem fundamentadas, possibilitando um aumento da eficácia terapêutica, bem como um ajuste mais específico das terapêuticas tópicas perante a diferenciação do pH cutâneo de diferentes raças. Como objectivo, pretendemos conhecer os valores de pH fisiológicos da pele das raças de canídeos mais comuns em Portugal, bem como detectar possíveis alterações que possam ocorrer no pH da pele de animais com Insuficiência Renal Crónica. Foi-nos possível observar diferenças significativas entre raças, reforçando a importância do conhecimento do pH de pele aquando da realização de terapêuticas adjuvantes acidificantes. Foi-nos também possível detectar desvios dos intervalos considerados como normais dos valores de pH da pele dos animais com Insuficiência Renal Crónica. O presente estudo indicou um pH de pele destes animais menor que o pH de pele médio dos controlos podendo este resultado estar relacionado com uma sudação alterada decorrente do estado patológico.
ABSTRACT - Study of the skin pH in healthy dogs and dogs with Chronic Renal Failure - The acidic nature of the skin has been recognized for more than a century. The acidic pH of the skin surface of mammals plays several important roles in maintaining the epidermal barrier. It is important in the epidermis antimicrobial protection, is indispensable for the homeostasis of epidermal barrier permeability and maintains integrity/cohesion of the stratum corneum. It is known that elevations in pH of the human stratum corneum affect cutaneous functions and may trigger certain clinical situations. Many human dermatologic diseases, including atopic dermatitis and seborreic dermatitis, are associated with an increase of the pH of the stratum corneum. An alkaline pH affects consequently the maintenance of the epidermal barrier and the integrity/cohesion of the stratum corneum. Slight changes in pH of the skin can result in more severe or prolonged clinical signs or even resistant occupational dermatoses. Knowledge of the canine pH of the skin is important as it will allow us to make choices of acidifying topical agents more well-founded, enabling an increased therapeutic efficiency, as well as a more specific adjustment of topical therapeutics before skin pH differentiation of different breeds. Our aim is to know the physiological pH values of the skin of the most common breeds of dogs in Portugal, as well as detect potential changes occurring in the skin pH of animals with Chronic Renal Failure. We were able to observe significant differences between breeds, reinforcing the importance of the knowledge of the pH of the skin when carrying out acidifying adjuvant therapeutics. We were also able to detect deviations from normal ranges of the pH of the skin of animals with Chronic Renal Failure. This study indicated a skin pH of these animals more acidic than the average skin pH of the control group. This result may be related to an altered sweating occurring in this pathological condition.
Description: Dissertação de Mestrado Integrado em Medicina Veterinária
URI: http://hdl.handle.net/10400.5/2770
Appears in Collections:BFMV - Teses de Mestrado 2º. Ciclo

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Estudo do pH da pele em caes saudaveis e caes com insuficiencia renal cronica.pdf2.3 MBAdobe PDFView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

 
Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE