UTL Repository >
Faculdade de Medicina Veterinária >
Biblioteca >
BFMV - Teses de Mestrado 2º. Ciclo >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10400.5/2715

Title: Teileriose em bovinos de carne na região do Ribatejo
Authors: Fernandes, Joana Inês Manhoso
Advisor: Silva, Luis Alberto dos Santos Fragoso da
Sampaio, Isabel Maria Soares Pereira da Fonseca de
Keywords: Bovinos de carne
Theileria spp.
Anaplasma spp.
Prevalência
Níveis de infecção
Hyalomma spp.
Beef cattle
Prevalence
Levels of infection
Issue Date: 30-Nov-2010
Publisher: Universidade Técnica de Lisboa. Faculdade de Medicina Veterinária
Citation: FERNANDES, J. I. M. (2010). Teileriose em bovinos de carne na região do Ribatejo. Dissertação de Mestrado. Universidade Técnica de Lisboa, Faculdade de Medicina Veterinária, Lisboa.
Abstract: A Teileriose é uma doença parasitária causada por Theileria spp., transmitida por vectores da família IXODIDAE. Esta hemoparasitose representa uma ameaça à produção de bovinos, em diferentes países, conduzindo a elevadas perdas económicas. São conhecidas várias espécies de Theileria, sendo as mais patogénicas Theileria annulata, agente da Teileriose Tropical ou Mediterrânica, e Theileria parva, agente da Febre da Costa Oriental. Em Portugal, o Ribatejo e o Alentejo são consideradas regiões endémicas de Teileriose Mediterrânica, devido à elevada ocorrência de ixodídeos do género Hyalomma. Os objectivos deste estudo foram: (i) avaliar a presença de Theileria spp. em 112 bovinos de aptidão carne de uma exploração da região do Ribatejo; (ii) estabelecer níveis de infecção para os géneros de hemoparasitas encontrados e (iii) identificar uma amostra de ixodídeos, recolhidos da população em estudo. Através da observação microscópica de esfregaços sanguíneos, detectou-se que a prevalência de Theileria spp. foi de 100%. O género Anaplasma também foi identificado em todos os bovinos estudados. Relativamente aos níveis de infecção de Theileria spp., concluiu-se que o nível I (1-10 merozoítos/10 campos) foi o mais prevalente, tanto nos bovinos reprodutores, com 87,5% (84/96), como nos vitelos, com 37,5% (6/16) dos animais infectados. Estes dados sugerem que a maioria dos animais apresentava infecção subclínica, constituindo um grupo de portadores assintomáticos. Os níveis de infecção II (11-20 merozoítos/10 campos) e III (> 20 merozoítos/10 campos) tiveram uma maior expressão nos vitelos, com 31,3% (5/16) em cada nível, do que nos animais adultos, em que 12,5% (12/96) estavam infectados em nível II e nenhum animal se encontrava infectado em nível III. Os níveis de infecção mais elevados nos vitelos estão de acordo com a maior susceptibilidade destes animais a Theileria spp.. Quanto a Anaplasma spp., o nível de infecção I foi o mais frequente, tanto nos animais reprodutores (60,4%), como vitelos (50%). Dos 92 ixodídeos identificados, 65% (60/92) pertenciam ao género Hyalomma e 35% (32/92) eram Rhipicephalus spp., reconhecidos como vectores de Theileria spp.. Os dados obtidos neste estudo realçam a importância da Teileriose em Portugal. Desta forma, conclui-se ser necessária uma maior investigação acerca da epidemiologia e patogenia da doença.
ABSTRACT - THEILERIOSIS IN BEEF CATTLE IN THE RIBATEJO REGION - Theileriosis is a tick-borne disease caused by Theileria spp. protozoa and transmitted by vectors from IXODIDAE family. This parasitic disease constitutes a threat to cattle production in different countries, leading to economic losses. There are various species of Theileria, being T. annulata, the most pathogenic agent in Tropical or Mediterranean Theileriosis, and T. parva, the agent of East Coast Fever. In Portugal, Ribatejo and Alentejo regions are considered endemic for Mediterranean Theileriosis due to the high incidence of ticks of the genus Hyalomma. The aims of this study were: (i) to evaluate the presence of Theileira spp. in 112 beef cattle from a farm located in endemic region of Ribatejo; (ii) to establish blood infection levels and (iii) to identify the genus of the ticks collected in the studied population. Microscopic blood smears observation, showed that Theileria spp. prevalence was 100% either in adults and in calves. The genus Anaplasma was also identified in all the studied animals. Concerning Theileria spp. levels of infection, level I (1-10 merozoits/10 fields) was the most prevalent, both in adult cattle and calves, with 87,5% (84/86) and 37,5% (6/16) respectively. These data suggest that most of the animals had subclinical infection, constituting a group of asymptomatic carriers. Infection levels II (11-20 merozoits/10 fields) and III (> 20 merozoits/10 fields) had a higher expression in calves with 31,3% (5/16) in both, than in adult animals, in which 12,5% (12/96) were infected at level II and no adult animal was infected in level III. The infection levels are highest in calves since these animals are more susceptible to Theileria spp. infection. In relation to Anaplasma spp. infection, level I was the most frequent, in both breeding animals (60,4%) and calves (50%). Of the 92 ticks identified, belonged to the genus Hyalomma, 65% (60/96) and to Rhipicephalus 35% (32/96) recognized as vectors of Theileria spp.. Data obtained in this study emphasizes the importance of theileriosis in Portugal. In this way, further investigation on spreading and pathogenesis of theileriosis is needed.
Description: Dissertação de Mestrado Integrado em Medicina Veterinária
URI: http://hdl.handle.net/10400.5/2715
Appears in Collections:BFMV - Teses de Mestrado 2º. Ciclo

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Teileriose em bovinos de carne na regiao do Ribatejo.pdf1.68 MBAdobe PDFView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

 
Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE