UTL Repository >
Faculdade de Medicina Veterinária >
Biblioteca >
BFMV - Teses de Mestrado 2º. Ciclo >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10400.5/2483

Title: Estadiamento da doença renal crónica em felinos
Authors: Freitas, Cláudia Filipa Henriques de
Advisor: Montenegro, Luis Miguel Fonte
Pomba, Maria Constança Matias Ferreira
Keywords: Doença Renal Crónica
IRIS
Estadiamento
Felino
Chronic Kidney Disease
Staging
Feline
Issue Date: 21-Oct-2010
Publisher: Universidade Técnica de Lisboa. Faculdade de Medicina Veterinária
Citation: FREITAS, C. F. H. (2010). Estadiamento da doença renal crónica em felinos. Dissertação de Mestrado. Universidade Técnica de Lisboa, Faculdade de Medicina Veterinária, Lisboa.
Abstract: A Doença Renal Crónica (DRC) é uma doença de evolução insidiosa, progressiva e irreversível, comum nos nossos animais de companhia. Trata-se da doença renal mais frequentemente diagnosticada em felinos, responsável por índices elevados de morbilidade e mortalidade, principalmente em gatos idosos. A Sociedade Internacional de Interesse Renal propôs um sistema de classificação da doença renal, com o objectivo de facilitar a aplicação de orientações clínicas adequadas para o diagnóstico, terapêutica e prognóstico desta doença. A presente dissertação foi desenvolvida no período de Setembro de 2009 a Março de 2010, no âmbito do estágio curricular final do Mestrado Integrado em Medicina Veterinária, no Hospital Veterinário Montenegro. Esta consistiu na caracterização de uma amostra populacional de 25 gatos com DRC, apresentados à consulta ou internados de Janeiro de 2009 e Março de 2010, com especial atenção ao estadiamento de todos estes pacientes e sub-estadiamento de 6 dos felinos. Estes animais apresentavam idades entre os 3 e os 17 anos, 48% dos quais desenvolveram anemia e em 80% a causa da DRC não foi determinada. O tempo médio de sobrevivência dos felinos que morreram desta doença foi de 243 dias. Quanto ao estadiamento, nenhum dos gatos se encontrava no estadio I, 44% estavam no estadio II, 40% no estadio III e apenas 16% se encontravam no estadio IV. De acordo com a presença e gravidade da proteinúria, 50% dos felinos foram classificados como proteinúricos, 33,3% como não proteinúricos e 16,7% apresentavam proteinúria no limite. Em relação ao sub-estadiamento baseado na pressão arterial, 50% apresentavam risco baixo, 33,3% risco mínimo e apenas 16,7% tinham risco moderado. Nenhum dos felinos apresentava evidências de lesões/complicações nos órgãos-alvo. Este sistema de estadiamento continuará a evoluir através de novas pesquisas e estudos clínicos, no sentido de diagnosticar precocemente a doença renal, que permitirá a instituição de medidas preventivas, de tratamento e de monitorização que possam retardar a progressão da doença, melhorando a qualidade de vida destes pacientes.
ABSTRACT - Staging of Feline Chronic Kidney Disease - Chronic Kidney Disease (CKD) is a disease with insidious evolution, progressive and irreversible, common in our company animals. This is the most frequently diagnosed kidney disease in felines, responsible for high rates of morbidity and mortality, especially in older cats. The International Renal Interest Society proposed a classification system for renal disease, in order to facilitate the implementation of appropriate clinical guidelines for diagnosis, prognosis and therapy of this disease. This dissertation was developed from September 2009 to March 2010, as part of the curricular training in the Integrated Master degree in Veterinary Medicine at the Veterinary Hospital Montenegro. This consisted of the characterization of a population sample of 25 cats with CKD presented for consultation or hospitalized from January 2009 to March 2010, with special attention to the staging of all these patients and sub-staging of 6 felines. These animals were aged between 3 and 17 years, 48% of which developed anemia and 80% the cause of CKD has not been determined. The average survival time of cats that died of this disease was 243 days. As for staging, none of the cats was in stage I, 44% were in stage II, 40% in stage III and only 16% were in stage IV. According to the presence and severity of proteinuria, 50% of the cats were classified as proteinuric, 33,3% were non-proteinuric and 16,7% were borderline proteinuric. In the sub-staging based in blood pressure, 50% had low risk, 33,3% minimum risk and only 16,7% had moderate risk. None of the cats had evidence of injuries/complications in target organs. This staging system continues to evolve through new research and clinical studies aimed at early diagnosis of kidney disease, which will allow the institution of preventive measures, treatment and monitoring that can slow disease progression, improving the quality of life of these patients.
Description: Dissertação de Mestrado Integrado em Medicina Veterinária
URI: http://hdl.handle.net/10400.5/2483
Appears in Collections:BFMV - Teses de Mestrado 2º. Ciclo

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Estadiamento da Doença Renal Crónica em Felinos.pdf2.26 MBAdobe PDFView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

 
Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE