UTL Repository >
ISEG - Instituto Superior de Economia e Gestão / ISEG - School of Economics & Management Lisbon >
Biblioteca Francisco Pereira de Moura / Francisco Pereira de Moura Library >
BISEG - Dissertações de Mestrado / Master Thesis >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10400.5/2382

Title: Formação: análise da produção científica publicada no século XX (1900 - 1999)
Authors: Santos, Iara Nicolle Almeida dos
Advisor: Curado, Carla
Keywords: Formação
pesquisa científica
produção científica
evolução histórica
século XX
artigos científicos
Training
scientific research
scientific production
historic evolution
20th century
scientific papers
Issue Date: Sep-2010
Publisher: Instituto Superior de Economia e Gestão
Citation: Santos, Iara Nicolle Almeida dos. 2010. "Formação: análise da produção científica publicada no século XX (1900 - 1999)". Dissertação de Mestrado. Universidade Técnica de Lisboa. Instituto Superior de Economia e Gestão
Abstract: A presente dissertação investiga a relevância da Formação enquanto tema de pesquisa científica. Trata-se de uma revisão crítica da produção científica sobre Formação publicada durante o século XX, com o objectivo de analisar a evolução histórica: do número de artigos e de revistas responsáveis pela sua publicação; dos temas e métodos de formação referidos pelos artigos; dos autores e das características desta produção científica. Através deste estudo concluímos que a Formação foi um tema de pesquisa relevante durante o século XX, pelas razões que se seguem. O número de artigos analisados revelou-se crescente (a partir da década de 20 e sobretudo nas 2 últimas décadas do século). Constatámos diversificação progressiva nas revistas responsáveis pela publicação destes artigos, a partir da década de 30. A análise de conteúdo dos artigos revelou diversificação temática (a partir da década de 30), embora tenhamos verificado que, durante o século XX, existiram 3 principais temas (a Formação em Contabilidade, a Formação em Gestão e a própria Formação, enquanto tema principal de pesquisa). Verificámos igualmente que, a par da diversificação temática, ocorreu a diversificação nos métodos de formação (a partir da década de 20). O método mais referido pelos artigos analisados durante todo o século XX foi a formação presencial (seguida da formação em contexto de trabalho). Por fim, ao analisar as principais características da produção científica sobre Formação ao longo do século XX, constatámos que a publicação de estudos empíricos surgiu na década de 40 e manteve-se até ao final do século XX, assim como a publicação em co-autoria, iniciada na década de 50. Constituiram importantes limitações a esta pesquisa: o facto de termos trabalhado sobre uma base de dados que excluiu grande parte da produção científica europeia, assim como o facto de não termos analisado a totalidade dos artigos publicados no período em estudo.
The present dissertation investigates the relevance of Training as a scientific research topic. This is a critical review of the scientific production on Training published during the 20th century, with the objective of analyzing the historic evolution: on the number of papers and journals responsible for their publication; on the topics and methods of training referred by the papers; on the authors and characteristics of this scientific production. Through this study we have concluded that Training was a relevant study topic during the 20th century, for the reasons that follows. The number of papers analysed grew (from the 20s and especially on the last two decades of the century). We verified progressively diversification on the journals responsible for the publication of these papers from the 30s. The analysis of the content of the articles revealed diversification of topics (from the 30s); though we verified that, throughout the 20th century, there were 3 main topics (Training in Accountancy, Training in Management and Training itself, as a main study topic). We also verified that, with the topic diversification, there was a diversification in the methods of training (also from the 20s). The method most mentioned by the papers analysed was inclass training (followed by on-the-job training). Finally, when analysing the main characteristics of scientific production on Training during the 20th century, we noticed that empiric studies appeared in the 40s and has been present until the end of the 20th century, as well as the publishing by co-authors, which begun in the 50s. Were important limitations to this research: the fact that we worked on a database which ruled much of the European scientific production, as well as the fact that we have not examined all the papers published in the study period.
Description: Mestrado em Gestão de Recursos Humanos
URI: http://hdl.handle.net/10400.5/2382
Appears in Collections:DG - Dissertações de Mestrado / Master Thesis
BISEG - Dissertações de Mestrado / Master Thesis

Files in This Item:

File Description SizeFormat
DISSERTACAO.pdf1.77 MBAdobe PDFView/Open
Restrict Access. You can request a copy!
ANEXO.pdf702.18 kBAdobe PDFView/Open
Restrict Access. You can request a copy!
LISTAGEM DE ARTIGOS.pdf2.79 MBAdobe PDFView/Open
Restrict Access. You can request a copy!
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

 
Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE