UTL Repository >
Faculdade de Medicina Veterinária >
Biblioteca >
BFMV - Teses de Mestrado 2º. Ciclo >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10400.5/2204

Title: Estudo retrospectivo das neoplasias em canídeos e felídeos domésticos, analisadas pelo laboratório de anatomia patológica da Faculdade de Medicina Veterinária de Lisboa, no período compreendido entre 2000 e 2009
Authors: Salvado, Inês Sofia de Sousa
Advisor: Silva, José Manuel Antunes Ferreira da
Vicente, Gonçalo Eduardo Vítor
Keywords: Neoplasia
Cão
Gato
Frequência
Neoplasm
Dog
Cat
Frequency
Issue Date: 23-Jul-2010
Publisher: Universidade Técnica de Lisboa. Faculdade de Medicina Veterinária
Citation: SALVADO, I. S. S. (2010). Estudo retrospectivo das neoplasias em canídeos e felídeos domésticos, analisadas pelo laboratório de anatomia patológica da Faculdade de Medicina Veterinária de Lisboa, no período compreendido entre 2000 e 2009. Dissertação de Mestrado. Universidade Técnica de Lisboa, Faculdade de Medicina Veterinária, Lisboa.
Abstract: O aumento dos casos de neoplasias em canídeos e felídeos domésticos é um problema cada vez mais comum na prática veterinária, tratando-se de uma importante causa de morte nos nossos animais domésticos. As neoplasias são massas anormais de células que se desenvolvem de um modo descoordenado comparativamente ao tecido normal adjacente. As células neoplásicas apresentam características que se encontram ausentes nas células normais, nomeadamente uma proliferação descontrolada e independente dos requisitos para a formação de novas células e dos limites de regulação celular normais; em alguns casos há diminuição da diferenciação celular e alterações na comunicação e adesão celular. O desenvolvimento das neoplasias é um processo multifactorial que envolve a acumulação de alterações ou “erros” no genoma celular. Existem diversos factores que podem potenciar o seu desenvolvimento. As neoplasias podem ter origem nos mais diversos tecidos do organismo e por este motivo podem ter variadíssimas apresentações morfológicas. Existem muitos tipos de classificação das neoplasias, cada um baseando-se em características diferentes. Estas, juntamente com os diversos métodos de diagnóstico, são fundamentais para um bom planeamento do tratamento a realizar e para a determinação do prognóstico. O presente estudo abrange as análises de casos de neoplasias em cães e gatos observadas no Laboratório de Anatomia Patológica da Faculdade de Medicina Veterinária (Universidade Técnica de Lisboa) durante um período de 10 anos, de 2000 a 2009, inclusive. A população total rastreada neste estudo foi de 7164 canídeos e 2528 felídeos domésticos. Em termos de neoplasias, entre 2000 e 2009 foram analisadas 8781 neoplasias caninas e 2673 neoplasias felinas. Verificou-se que mais de 50% das análises que foram diagnosticadas no laboratório correspondiam a animais com neoplasia. Os canídeos de raça indeterminada foram os mais afectados. Relativamente às raças puras, as mais afectados foram a Cocker, a Boxer e a Caniche. Em relação à espécie felina, as raças mais afectadas foram a Europeu comum, a Siamesa e a Persa. Na população canina, tal como na população felina, a neoplasia mais frequente foi o carcinoma. As 5 regiões mais afectadas por neoplasias na espécie canina foram, por ordem decrescente, a glândula mamária, a pele, o aparelho digestivo, os tecidos moles e o aparelho reprodutor masculino. As 5 regiões mais afectadas por neoplasias na espécie felina foram, por ordem decrescente, a glândula mamária, os tecidos moles, a pele, o aparelho digestivo e o tecido hematopoiético
ABSTRACT - RETROSPECTIVE STUDY OF NEOPLASMS IN DOMESTIC DOGS AND CATS, ANALYZED IN THE LABORATORY OF PATHOLOGY OF THE FACULTY OF VETERINARY MEDICINE OF THE TECHNICAL UNIVERSITY OF LISBON, BETWEEN 2000 AND 2009 - The increased number of cases of neoplasms in domestic dogs and cats is becoming an ever more common problem in veterinary practice, being a major cause of death in our pets. The neoplasms are abnormal masses of tissue that develop according to an uncoordinated fashion when compared to adjacent normal tissue. The neoplastic cells have characteristics that are absent in normal cells, including an uncontrolled proliferation which is independent of the requirements for the formation of new cells and the homeostasy in normal cell regulation; in some cases there is some loss in differentiation and changes in cellular communication and adhesion. The growth of neoplasms is a multifactorial process that involves the accumulation of changes or "errors" in the cell genome. There are several factors that can enhance neoplasms development. The neoplasms may originate from various tissues of the body and for this reason may assume a broad spectrum of morphological presentations. There are many types of classification of neoplasms, each of them relying on different features. These classifications, along with the various methods of diagnosis, are essential to an appropriate planning to carry out treatment and for determining the prognosis. The present study covers histopathologic and necropsic analyses of canine and feline neoplasms performed in the Laboratory of Pathology of the Faculty of Veterinary Medicine (Technical University of Lisbon) during a 10-year period, from 2000 to 2009. In the period between 2000 and 2009, 7164 dogs and 2528 cats were diagnosed with neoplasms. The total number of neoplasms was 8781 in the canine species and 2673 in the feline species. More than 50% of the histopathologic and necropsic analyses reported to the period between 2000 and 2009 corresponded to neoplasms. In the 8781 canine neoplasms, the most prevalent were unknown breed dogs. As to the pure breeds, the most affected were the Cocker, the Boxer and the Poodle. The most affected feline breeds were Domestic Shorthair, Siamese and Persian breeds. In the canine and the feline samples, the most frequent neoplasm was carcinoma. The five most affected regions by neoplasm in dogs were, in descending order, the mammary gland, skin, gastrointestinal tract, soft tissues and the male reproductive system. The five most affected regions by neoplasms in felines were, in descending order, the mammary gland, soft tissues, skin, gastrointestinal tract and hematopoietic tissue.
Description: Dissertação de Mestrado Integrado em Medicina Veterinária
URI: http://hdl.handle.net/10400.5/2204
Appears in Collections:BFMV - Teses de Mestrado 2º. Ciclo

Files in This Item:

File Description SizeFormat
ESTUDO RETROSPECTIVO DAS NEOPLASIAS EM CANÍDEOS E FELÍDEOS DOMÉSTICOS.pdf1.23 MBAdobe PDFView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

 
Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE