UTL Repository >
ISA - Instituto Superior de Agronomia >
BISA - Biblioteca do Instituto Superior de Agronomia / Library >
BISA - Dissertações de Mestrado / Master Thesis >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10400.5/2062

Title: A política agrícola comum e o percurso dos sistemas de agricultura de sequeiro no sul do Baixo Alentejo
Other Titles: The common agricultural policy and the paths of rainfed agricultural systems in southern Baixo Alentejo
Authors: Madeira, João Pedro Lança
Advisor: Baptista, Fernando Oliveira
Jorge, Raul da Fonseca Fernandes
Keywords: CAP
farm-aid
rainfed agricultural systems
PAC
agricultura de sequeiro
ajudas
Alentejo
Issue Date: 2008
Abstract: The aim is to evaluate howthe various forms and guidelines that the Common Agricultural Policy (CAP) has assumed since its implementation in Portugal, has conditioned the evolution of rainfed agricultural systems, on a number of municipalities in southern Baixo Alentejo and also the way how Portugal, using its margin in the application of EU regulations, has directed this policy towards a number of key activities considered, by policy makers, to be essential for the portuguese agricultural sector, conditioning, therefore, its own evolution and development. To this purpose, four activities were identified, considered to be representative of the rainfed agricultural systems of the municipalities of Almodôvar, Castro Verde and Mértola (cereals, sheep meat andmilk production as well as beef cattle). Partial budgets were built for each activity in three milestone years for the CAP in Portugal - 1992, 1999 and 2005 - allowing the determination of gross margins as well as the contribution of EU farm-aids to these margins. Alongside, a description of CAP evolutions, from 1986 to nowadays, is made, in order to identify cause - effect relationships among the different dynamics studied.--------------------------------------O objectivo é analisar o modo como as várias formas e orientações que a Política Agrícola Comum(PAC) foi assumindo, desde o início da sua aplicação em Portugal, condicionaram a evolução dos sistemas de agricultura de sequeiro de umconjunto de concelhos do sul do Baixo Alentejo e também a forma como Portugal, aproveitando amargemde manobra que possui, ao nível da aplicação dos regulamentos comunitários, foi orientando esta política relativamente a umconjunto de actividades consideradas, pelos decisores políticos, como nucleares para agricultura portuguesa, condicionando, assim, a sua própria evolução. Para tal, identificaram-se quatro actividades, consideradas representativas da agricultura de sequeiro dos concelhos de Almodôvar, Castro Verde e Mértola (cereais de sequeiro, ovinos de carne e leite e bovinos de carne), tendo-se construído os orçamentos parciais e procedido à determinação das respectivas margens brutas, bem como da contribuição das ajudas comunitárias para a sua formação, em três momentos-chave da aplicação da PAC em Portugal: 1992, 1999 e 2004. Paralelamente é descrita a evolução sofrida pela PAC, desde 1986 até à actualidade, procurando identificar relações causa-efeito entre as diferentes dinâmicas estudadas.
Description: Mestrado em Economia Agrária e Sociologia Rural - Instituto Superior de Agronomia
URI: http://hdl.handle.net/10400.5/2062
Appears in Collections:BISA - Dissertações de Mestrado / Master Thesis

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Tese_JoaoMadeira.pdf1.05 MBAdobe PDFView/Open
Restrict Access. You can request a copy!
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

 
Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE