UTL Repository >
ISA - Instituto Superior de Agronomia >
BISA - Biblioteca do Instituto Superior de Agronomia / Library >
BISA - Dissertações de Mestrado / Master Thesis >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10400.5/2006

Title: Caracterização das propriedades mecânicas e durabilidade biológica da madeira de Quercus faginea
Authors: Ramos, Sofia Isabel Nunes
Advisor: Pereira, Helena Margarida Nunes
Keywords: Quercus faginea
mechanical properties
modulus of elasticity
hardness
cleavage
natural durability
carvalho português
módulo de elasticidade
tensão de ruptura
dureza
fendimento
durabilidade natural
Issue Date: 2009
Abstract: Although the Portuguese oak wood (Quercus faginea L.) has been used in shipbuilding in the past, nowadays it has hardly any use and the knowledge about it is scarce, which requires the characterization and study of its potential for noble use. In this study physical and mechanical properties of Portuguese oak were determined, and the resistance to attack by subterranean termites evaluated, using standard methodologies. Ten trees were used from two regions in Trás-os-Montes. The results showed that this wood is heavy (870 kg/m3), has a heartwood with a very high hardness (101 N/mm2), with low bending strength (99 N/mm2), medium compression strength (47 N/mm2) and is moderately durable regarding termite attack. To evaluate its behavior in composite products, 30 oak wood pieces with three thicknesses were produced and glued on spruce wood (Picea abies H. Karsten). The results showed that hardness of the composites was not very affected for the tested oak wood dimensions.------------------------------Apesar de a madeira de carvalho português (Quercus faginea L.) ter sido aplicada no passado na construção naval, hoje pouco se utiliza e pouco se conhece, o que requer a sua caracterização e o estudo do seu potencial para uso nobre. Neste trabalho determinaram-se propriedades físico-mecânicas da madeira de carvalho português e avaliou-se a sua resistência ao ataque de térmitas subterrâneas, utilizando metodologias normalizadas. Foram utilizadas dez árvores provenientes de duas regiões de Trás-os-Montes. Os resultados mostraram que a madeira é pesada (870 kg/m3), tem dureza muito alta no cerne (101 N/mm2) e apresenta resistência fraca quanto à tensão de ruptura à flexão estática (99 N/mm2) e média quanto à compressão (47 N/mm2). Face ao ataque de térmitas subterrâneas, esta madeira é classificada como moderadamente durável. Para avaliar o comportamento em produtos compósitos, produziram-se 30 peças com três espessuras de madeira de carvalho português, coladas a madeira de espruce (Picea abies H. Karsten). Os resultados demonstram que a qualidade dos produtos compósitos quanto à sua dureza não é fortemente afectada para as dimensões estudadas.
Description: Mestrado em Engenharia Florestal e dos Recursos Naturais - Instituto Superior de Agronomia
URI: http://hdl.handle.net/10400.5/2006
Appears in Collections:BISA - Dissertações de Mestrado / Master Thesis

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Caracterização_das_propriedades_mecânicas_e_durabilidade_biológica_da_madeira_de_Quercus_faginea.pdf2.26 MBAdobe PDFView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

 
Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE