UTL Repository >
ISA - Instituto Superior de Agronomia >
BISA - Biblioteca do Instituto Superior de Agronomia / Library >
BISA - Dissertações de Mestrado / Master Thesis >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10400.5/1977

Title: O ecossistema orizícola na Guiné-Bissau: principais constrangimentos à produção na Zona I (Regiões de Biombo, Cacheu e Oio) e perspectivas
Authors: Medina, Nambú
Advisor: Temudo, Marina Augusta Pereira Padrão
Lima, Arlindo
Keywords: Guiné-Bissau
rice ecosystem
ecossistema orizicola
Issue Date: 2008
Abstract: This work aims to demonstrate how the real socio-economic and cultural influences to the production of rice in Guinea-Bissau, particularly in Zone I, which includes the Regions of Biombo, Cache and Oio. In the first part of the work there is a brief characterization of the country, which also made a theoretical analysis of agriculture and the cultivation of rice in the world, West Africa and Guinea Bissau. In zone I is carried out surveys of some ethnic populations, particularly Balanta, Papel, Mancache, Mandingo and Manjaco regions of Biombo, Cache and oio, whose purpose was to give notice in some particular characteristics of these populations in terms of the social division of work among other factors affecting the production and conservation of rice in the country. It is then a characterization of different rice production systems, particularly for irrigation (Pampam) and flooded (freshwater and saltwater) and the main techniques of production, conservation and control of pests and diseases in the pre-and post - harvest. Finally refers to the importance of local production of rice to the diet and finally, it presents some proposals in the incentives for the production of rice.------------------------Este trabalho pretende demonstrar como a realidade socio-económico e cultural influencia a cadeia de produção do arroz na Zona I, que engloba as Regiões de Biombo, Cacheu e Oio. Na primeira parte do trabalho faz-se uma caracterização sumária do país, onde também se fez uma análise teórica do sector agrícola e da cultura do arroz no Mundo, na África Ocidental e na Guiné-Bissau. Na zona I realiza-se inquéritos às populações de algumas etnias, nomeadamente Balanta, Papel, Mancache, Manjaco e Mandinga das regiões de Biombo, Cacheu e Oio, cujo propósito era o de inteirar em algumas características particulares destas populações em termos da divisão social de trabalho entre outros factores que afectam a produção e a conservação do arroz no país. Faz-se depois uma caracterização dos diferentes sistemas de produção do arroz, nomeadamente de sequeiro (pampam) e alagado (água doce e salgada) e as principais técnicas de produção, de conservação e de controlo das pragas e doenças na situação pré e pós-colheita. Finalmente refere-se a importância da produção local do arroz para a dieta alimentar e por último, apresenta-se algumas propostas de medidas incentivadoras para a produção do arroz.
Description: Mestrado em Produção Agrícola Tropical - Instituto Superior de Agronomia
URI: http://hdl.handle.net/10400.5/1977
Appears in Collections:BISA - Dissertações de Mestrado / Master Thesis

Files in This Item:

File Description SizeFormat
TESEFINAL.pdf2.43 MBAdobe PDFView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

 
Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE