UTL Repository >
Faculdade de Medicina Veterinária >
Biblioteca >
BFMV - Teses de Mestrado 2º. Ciclo >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10400.5/1953

Title: Contribuição para o estudo do parasitismo gastrointestinal e hepático em bovinos de carne em regime extensivo no Concelho de Odemira
Authors: Cardoso, José Maria Guimarães
Advisor: Raposo, Nuno Miguel Gonçalves Parreira Silva
Carvalho, Luís Manuel Madeira de
Keywords: Parasitas
Bovinos
EGI
Cryptosporidium sp.
Fasciola hepatica
Odemira
Parasites
Cattle
GIS
Issue Date: 26-Apr-2010
Publisher: Universidade Técnica de Lisboa. Faculdade de Medicina Veterinária
Citation: CARDOSO, J. M. G. (2010). Contribuição para o estudo do parasitismo gastrointestinal e hepático em bovinos de carne em regime extensivo no Concelho de Odemira. Dissertação de Mestrado. Universidade Técnica de Lisboa, Faculdade de Medicina Veterinária, Lisboa.
Abstract: Os bovinos são muito afectados pelo parasitismo gastrointestinal, principalmente quando falamos de gado em extensivo. O Concelho de Odemira constitui um sítio de eleição para a exploração animal, embora careça de estudos de natureza parasitológica. Na tentativa de colmatar parte desta lacuna, foram estudadas explorações de bovinos de carne em regime extensivo para avaliar a prevalência e a eficácia do controlo das parasitoses gastrointestinais e hepáticas mais frequentes nesta região de Portugal. O estudo incluiu quatro explorações, com aproximadamente 800 animais, sobretudo fêmeas. Eram realizadas duas desparasitações por ano, usando um sistema de rotatividade do princípio activo. Foi colhido sangue para procura de anticorpos anti-Fasciola hepatica pelo método de ELISA num total de 54 amostras, correspondentes a 3 das explorações incluídas no estudo. Foram também colhidas amostras fecais (N=85) estas sujeitas a análises coprológicas pelos métodos de flutuação de Willis, sedimentação natural e ainda o de McMaster para cálculo do OPG. Foram também realizados esfregaços fecais corados pela técnica de Ziehl-Neelsen para pesquisa de formas de Cryptosporidium spp.. Foram ainda realizadas coproculturas para identificação e contagem de larvas infectantes (L3). A serologia revelou 2 animais positivos (3,7%) enquanto que na sedimentação não foi assinalado nenhum ovo de Fasciola nas 85 amostras estudadas. Na flutuação foram encontrados EGI em todas as explorações. Na contagem de OPG apenas uma amostra indicou valores de infecção forte. A pesquisa de Cryptosporidium sp. revelou uma prevalência entre os 70% e os 92%, correspondendo a cerca de 2/3 da população estudada. Na coprocultura com identificação e caracterização de L3, apenas 3 géneros foram encontrados, Cooperia, Ostertagia e Oesophagostomum correspondendo, percentualmente a cada uma 70,94%, 21,53% e 7,53%, do total de L3 identificadas. A prevalência de infecções mistas (33%) foi superior às infecções simples (4%), sendo a associação Ostertagia+Cooperia a mais comum. 63% da amostra não revelou a presença de L3. Avaliando separadamente o género, não tomando em consideração o número de L3 identificadas ou a presença de infecções mistas, temos prevalências de 33%, 31,8% e 15% para os géneros Cooperia, Ostertagia e Oesophagostomum, respectivamente. Verificou-se o benefício das duas desparasitações anuais pois os animais apresentaram cargas parasitárias bastante baixas.
ABSTRACT - Contribution for the study of gastrointestinal and hepatic parasitism in beef cattle in grazing system ate Odemira Region - Beef cattle is often affected by gastrointestinal parasitism, especially when we consider livestock in grazing systems. The Municipality of Odemira is a site of choice for animal farming and agriculture, but lacks parasitological studies. In an attempt to address some of these gaps, beef cattle farms with grazing systems in that location were studied to evaluate the prevalence and efficacy in the control of the most frequent gastrointestinal and liver parasites in this region of Portugal. The study included four farms, with approximately 800 animals, mainly females. The animals were subjected to two dewormings per year, using a pharmacological rotation system. Blood samples were collected for serological technique based in ELISA technique for the search of Ab Anti-Fasciola hepatica and targeted approximately 10% of the animals on 3 farms, of the 4 used in the study, comprising 54 samples. Faecal examples were also collected (N=85) and subjected to Willis flotation test, natural sedimentation and the McMaster for EPG counting. Faecal cultures were also performed for identification and counting of infective larvae (L3). Faecal smears were performed and stained by Ziehl-Nielsen technique to search the shedding of Cryptosporidium. The search for anti-Fasciola hepatica antibodies was positive in 2 animals out of 54 (3, 7%). The natural sedimentation results were negative in 85 samples. In flotation techniques, gastrointestinal strongyle (GIS) eggs were found in all farms. The EPG counts were low, showing a minimum and maximum, respectively, of 0 and 300 EPG in the 4 farms. The survey for Cryptosporidium parvum showed a high prevalence of infection, ranging between 70% and 92%, corresponding to than 2/3 of the adult cow population. The counting, identification and measurement of L3, showed only 3 genera: Oesophagostomum, Cooperia and Ostertagia, each accounting, respectively, for 7.53%, 70.94% and 21.53% of all identified L3. The prevalence of mixed infections (33%) was superior to simple infections (4%), and the association Ostertagia + Cooperia was the most common. Assessing gender separately, not taking into account the number of identified L3 or the presence of mixed infections, we had prevalence rates of 33%, 31.8% and 15% for genera Cooperia, Ostertagia and Oesophagostomum, respectively. It was notorious the benefit of two dewormings/year, since the animals showed low parasitic loads.
Description: Dissertação de Mestrado Integrado em Medicina Veterinária
URI: http://hdl.handle.net/10400.5/1953
Appears in Collections:BFMV - Teses de Mestrado 2º. Ciclo

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Dissertação José Maria.pdf1.7 MBAdobe PDFView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

 
Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE