UTL Repository >
ISA - Instituto Superior de Agronomia >
DEF - Departamento de Engenharia Florestal >
DEF - Relatórios (técnicos ou científicos) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10400.5/1760

Title: O modelo GLOBULUS 3.0 - dados e equações
Authors: Tomé, Margarida
Oliveira, Tânia
Soares, Paula
Keywords: eucalyptus globulus
modelo
variaveis climaticas
crescimento
Issue Date: 2006
Publisher: Instituto Superior de Agronomia. Departamento de Engenharia Florestal
Citation: Tomé, M., Oliveira, T., Soares, P. 2006 O modelo Globulus 3.0. Publicações GIMREF - RC2/2006. Universidade Técnica de Lisboa. Instituto Superior de Agronomia. Centro de Estudos Florestais. Lisboa. 23 pp.
Series/Report no.: Publicações do GIMREF;RC2/2006
Abstract: O modelo Globulus 2.1 - um modelo empírico de crescimento e produção ao nível do povoamento desenvolvido para eucaliptais portugueses - tem por base da sua aplicação a ideia de que o país se pode classificar em zonas relativamente homogéneas do ponto de vista edafo-climático ou climático (8 regiões) e que, com base nestas, se podem parametrizar as componentes do modelo em função da localização dos povoamentos. Na concepção do modelo Globulus 3.0 pensou-se antes em associar a cada povoamento um conjunto de variáveis climáticas que expressassem as diferenças no crescimento. Nas equações que constituem o modelo Globulus 3.0 foram seleccionadas as seguintes variáveis: altimetria, dias de geada, temperatura média do ar, precipitação total e dias de precipitação com valores superiores a 0.1 mm. A maior parte das componentes do modelo Globulus 3.0 já estavam disponíveis no modelo Globulus 2.1. No entanto, o modelo Globulus 3.0 difere das versões anteriores (Tomé et al., 2001) ao considerar algumas das funções de crescimento função de variáveis climáticas e ao apresentar valores de produção, para povoamentos em talhadia, anteriores à operação de selecção de varas que se realiza normalmente aos 3 anos. Assim, as equações de predição do nº de varas aos 3 anos, no momento imediatamente a seguir à selecção de varas (talhadia), a equação de crescimento para a densidade de touças vivas e a equação de predição do número de varas antes da selecção de varas foram desenvolvidas pela primeira vez neste modelo com o objectivo de simular a transição entre rotações e o comportamento do povoamento antes da selecção de varas na fase de talhadia.
URI: http://hdl.handle.net/10400.5/1760
Appears in Collections:DEF - Relatórios (técnicos ou científicos)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
REP-DEF-RC2 2006.pdf449.92 kBAdobe PDFView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

 
Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE