UTL Repository >
FMH - Faculdade de Motricidade Humana >
BFMH - Biblioteca da Faculdade de Motricidade Humana - Noronha Feio >
BFMH - Dissertações de Mestrado / Master Thesis >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10400.5/1754

Title: Tradução e adaptação cultural do neck and upper limb index para a língua portuguesa
Authors: Matias, Sílvia Isabel Monsanto
Advisor: Carnide, Maria Filomena Araújo da Costa Cruz
Keywords: Estado funcional
Lesões músculo-esqueléticas da cervical
Lesões músculo-esqueléticas do ombro
Lesões músculo-esqueléticas relacionadas com o trabalho
Saúde ocupacional
Issue Date: 26-Feb-2010
Abstract: Introdução: A inexistência de um instrumento que avaliasse o estado funcional de trabalhadores com lesões músculo-esqueléticas em Portugal, justificou a adaptação e validação do Neck and Upper Limb Índex (NULI-20). Objectivo: Pretende-se traduzir e adaptar o NULI-20 para português europeu e verificar a sua validade em trabalhadores do sector de serviços. Métodos: Tradutores bilingues e profissionais de saúde experientes realizaram a tradução e verificação da equivalência semântica, tendo a validade de conteúdo sido verificada por indivíduos comuns. O estudo da validade, fidedignidade e sensibilidade foi realizado em 81 trabalhadores do sector de serviços que recebiam tratamento por lesão músculo-esquelética da cervical ou membro superior. Resultados: A versão portuguesa do NULI-20 possui equivalência semântica e bons níveis de fidedignidade (alpha = 0,92 e ICC = 0,88). Possui ainda níveis de validade aceitáveis relativamente ao conteúdo, construção e critério, por comparação com o SF-12, escala qualitativa da dor e indicadores de absentismo. A sensibilidade à mudança apresentou-se elevada (ES =0,95). Conclusões: Foram encontrados critérios psicométricos que justificam a aplicabilidade da versão portuguesa do NULI-20 em trabalhadores do sector de serviços. Espera-se que este instrumento constitua um suporte às acções de prevenção primária e secundária das lesões músculo-esqueléticas relacionadas com o trabalho.
Background: The inexistence of a functional status instrument to evaluate workers with work-related neck and upper limb musculoskeletal disorders in Portugal, took to the adaptation and validation of the Neck and Upper Limb Index (NULI-20). Objectives: This study aims to translate and adapt the NULI-20 to portuguese and to evaluate its reliability, validity and sensitivity in white colar workers. Methods: NULI-20 was translated and reviewed for its semantic equivalence by bilingual translators and experienced health-care professionals. The portuguese version was pretested to verify its content validity. The construct and criterion validity, reliability and sensitivity to change were measured in 81 white collar workers who were receiving treatment for their cervical or upper limb problem. Results: The equivalence between the portuguese version of NULI-20 and its original was achieved. This version showed good reliability levels (alpha=0,9 and ICC=0,88). Construct and criterion validity were confirmed by the correlation of portuguese NULI-20 with SF-12, intensity of pain and absenteeism indicators. There was a high sensitivity to the change (ES=0,95). Conclusions: the portuguese version of NULI-20 presented psychometric criteria that justify its applicability in white colar workers. This tool could be a support to primary and secondary prevention plans to the work-related musculoskeletal disorders.
Description: Mestrado em Ciências da Fisioterapia
URI: http://hdl.handle.net/10400.5/1754
Appears in Collections:BFMH - Dissertações de Mestrado / Master Thesis

Files in This Item:

File Description SizeFormat
tese_formatada_final.pdf6.07 MBAdobe PDFView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

 
Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE