UTL Repository >
ISEG - Instituto Superior de Economia e Gestão / ISEG - School of Economics & Management Lisbon >
Biblioteca Francisco Pereira de Moura / Francisco Pereira de Moura Library >
BISEG - Teses de Doutoramento / Ph.D. Thesis >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10400.5/1466

Title: A matriz de contabilidade social enquanto instrumento de trabalho para a definição de política económica: aplicação a Portugal, no período 1986-90, com ênfase para o sector agroindustrial
Authors: Santos, Susana
Advisor: Amaral, João Ferreira do
Issue Date: 1999
Publisher: Instituto Superior de Economia e Gestão
Citation: Santos, Susana. 1999. "A matriz de contabilidade social enquanto instrumento de trabalho para a definição de política económica: aplicação a Portugal, no período 1986-90, com ênfase para o sector agroindustrial". Tese de Doutoramento. Universidade Técnica de Lisboa. Instituto Superior de Economia e Gestão.
Abstract: O estudo da Matriz de Contabilidade Social surge da necessidade de enquadrar sectores na economia, bem como da de conhecer os efeitos de políticas macroeconómicas a nível sectorial e de políticas sectoriais a nível macroeconómico. Partindo do princípio de que o estudo de um sector deve ser feito numa perspectiva de equilíbrio geral, ultrapassando o contexto do equilíbrio parcial, a Matriz de Contabilidade Social, ao fornecer a conta completa do fluxo circular em economia, surge como uma possibilidade para satisfazer tais necessidades. O seu estudo começa pela apresentação das características gerais da sua estrutura, passando por algumas referência à sua origem, desenvolvimento e aplicabilidade. E depois feita uma aplicação a Portugal, no período 1986-90, a qual é conseguida em perfeita consonância com o Sistema de Contas Nacionais vigente, o que é demonstrado identificando, nas matrizes construídas, as identidades e saldos das várias contas internas daquele Sistema. Procura-se também avançar um pouco a nível de modelização, o que passa pela dedução e decomposição de multiplicadores contabilísticos e preço-fixo. As críticas e limitações inerentes ao trabalho realizado serviram de base à definição das linhas orientadoras para a sua continuação, ou seja, para o aperfeiçoamento da Matriz, ao qual se sugere esteja associada a sua institucionalização. Tais condições reforçariam a validade da Matriz de Contabilidade Social enquanto instrumento de trabalho de planeamento económico e para a definição de política económica, a qualquer nível.
Description: Doutoramento em Economia
URI: http://hdl.handle.net/10400.5/1466
Appears in Collections:DE - Teses de Doutoramento / Ph.D. Thesis
BISEG - Teses de Doutoramento / Ph.D. Thesis

Files in This Item:

File Description SizeFormat
SS-TD.pdf16.58 MBAdobe PDFView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

 
Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE