UTL Repository >
Faculdade de Medicina Veterinária >
Biblioteca >
BFMV - Teses de Mestrado 2º. Ciclo >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10400.5/1463

Title: Síndromes paraneoplásicas cutâneas no cão e no gato: revisão bibliográfica e estudo de casos
Authors: Leal, Diana Rosa Baptista da Silva
Advisor: Fonseca, Maria João Dinis da
Correia, José Henrique Duarte
Keywords: Síndrome paraneoplásica
Cutânea
Cão
Gato
Cutaneous
Paraneoplastic syndrome
Dog
Cat
Issue Date: 27-Jul-2009
Publisher: Universidade Técnica de Lisboa. Faculdade de Medicina Veterinária
Citation: LEAL, D. R. B. S. (2009). Síndromes paraneoplásicas cutâneas no cão e no gato: revisão bibliográfica e estudo de casos. Dissertação de Mestrado, Universidade Técnica de Lisboa, Faculdade de Medicina Veterinária, Lisboa.
Abstract: As síndromes paraneoplásicas correspondem a manifestações endócrinas, hematológicas, neuromusculares e cutâneas produzidas por tumores, mas sem relação com a sua dimensão, a sua localização, a existência de metástases ou a actividade fisiológica do tecido de origem. A etiopatogenia destas síndromes não é bem conhecida; são poucos os casos com uma demonstração clara dos factores etiológicos e patogénicos. A detecção e a classificação das síndromes paraneoplásicas permitem um diagnóstico antecipado e um tratamento mais eficaz da neoplasia, melhorando o prognóstico e a qualidade de vida do animal. Podem ser usados como indicadores clínicos da evolução da neoplasia. As síndromes paraneoplásicas cutâneas muitas vezes precedem os primeiros sinais sistémicos do tumor associado e, portanto podem ser detectadas precocemente pelo dono. Na revisão bibliográfica são abordadas as cinco principais dermatoses paraneoplásicas documentadasem medicina veterinária: alopécia paraneoplásica felina, dermatite exfoliativa felina associada ao timoma, dermatofibrose nodular, pênfigo paraneoplásico e dermatite necrolítica superficial. Os tumores associados, os sinais clínicos cutâneos e sistémicos, os possíveismecanismos fisiopatológicos envolvidos, os meios de diagnóstico e o tratamento e prognósticosão descritos em cada síndrome. Neste trabalho, são relatados três casos clínicos com suspeita de síndromes paraneoplásicascutâneas. O primeiro caso é de um cão da raça Rottweiler que apresentava nódulos cutâneos na zona do abdómen e duas massas esplénicas, que pelo exame histopatológico foram identificados como nevus de colagénio e hemangiossarcoma, respectivamente. No segundo caso, uma cadela da raça Terrier do Tibete com lesões cutâneas muito exuberantes e refractárias ao tratamento nas almofadas plantares, no abdómen, no tórax e na zona perianal; foi diagnosticado uma hepatopatia, e portanto foi estabelecidoum diagnóstico presuntivo de síndrome hepatocutânea. Por fim, uma cadela da raça Labrador Retriever manifestava lesões cutâneas graves nas junções mucocutâneas da face e nas zonas torácica e abdominal, que foram identificadas por histopatologia como eritema multiforme; no exame post-mortem foi identificado um linfoma mediastínico de célulasT.
ABSTRACT - CUTANEOUS PARANEOPLASTIC SYNOROMES IN OOG ANO CAT: A LlTERATURE REVIEW ANO STUOY OF CASES - Paraneoplastic syndromes are endocrine, haematological, neurological and cutaneous manifestationsproduced by tumors, without relation to size, location, presence of metastases or physiological activity of the original tissue. The etiopathogeny of these syndromes is not well recognized; there are few cases with a clear demonstration of the etiologic and pathogenic factors. The detection and classification of paraneoplastic syndromes allow an early diagnosis and a more effective treatment of the neoplasia, which will improve the prognosis and the animal's quality of life. They can be used as clinical indicators of the evolution of neoplasia. Cutaneous paraneoplastic syndromes usually preceed the first systemic signs of the associated tumor and thus they can be early detected by the owner. In the literature review the five major paraneoplastic dermatoses reported in veterinary medicine are described: feline paraneoplastic alopecia, feline thymoma-associated exfoliative dermatitis, nodular dermatofibrosis, paraneoplastic pemphigus and superficial necrolytic dermatitis. The associated tumors, the cutaneous and systemic clinical signs, the possible pathophysiological mechanisms involved, the diagnostic tests and the treatment and prognosisare described in each syndrome. In the present study, three clinical cases with suspicion of cutaneous paraneoplastic syndromes are reported. In the first case, a Rottweiler presented cutaneous nodules in abdomen and two splenic masses, which were further identified by histopathological examination as collagen nevus and hemangiosarcoma, respectively. In the second case, a Tibetan Terrier with exuberant skin lesions in foot pads, abdomen, thorax and perineal area that were refractory to treatment; it was diagnosed a hepatic disease, therefore the presumptive diagnosis of hepatocutaneous syndrome was established. Finally, a Labrador Retrieverwith severe cutaneous lesions in mucocutaneous junctions of the face, thorax and abdomen identified as erythema multiforme by histopathology; a mediastinal T cell Iymphomawas identified during post-mortem examination
Description: Dissertação de Mestrado Integrado em Medicina Veterinária
URI: http://hdl.handle.net/10400.5/1463
Appears in Collections:BFMV - Teses de Mestrado 2º. Ciclo

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Síndromes Paraneoplásicas Cutâneas.pdf6.53 MBAdobe PDFView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

 
Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE