UTL Repository >
ISEG - Instituto Superior de Economia e Gestão / ISEG - School of Economics & Management Lisbon >
Biblioteca Francisco Pereira de Moura / Francisco Pereira de Moura Library >
BISEG - Dissertações de Mestrado / Master Thesis >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10400.5/1417

Title: Book-to-Market e dimensão como característica das rendibilidades das acções: evidência em alguns índices europeus
Authors: Branco, Luís Pedro de Jesus da Silva
Advisor: Vieira, Pedro Rino
Keywords: Rendibilidades das Acções
Efeito Dimensão
Efeito Book-to-Market
Investimentos Financeiros
Stock Returns
Size effect
Book-to-Market effect
Financial Investments
Issue Date: Jul-2009
Publisher: Instituto Superior de Economia e Gestão
Citation: Branco, Luís Pedro de Jesus da Silva. 2009. "Book-to-Market e dimensão como característica das rendibilidades das acções: evidência em alguns índices europeus". Dissertação de Mestrado. Universidade Técnica de Lisboa. Instituto Superior de Economia e Gestão.
Abstract: Daniel e Titman (1997), usando o modelo de Fama e French (1993), encontraram evidência empírica de que a dimensão (DIM) e o rácio book-to-market (BTM) podem explicar a variação das rendibilidades nos mercados de acções. Similarmente, este trabalho também suporta a hipótese de estes dois indicadores poderem explicar a rendibilidade a partir de um set de dados distinto, embora os efeitos encontrados sejam inversos aos calculados por Daniel e Titman (1997) e Fama e French (1993, 2008). Foi também encontrada evidência empírica no sentido do BTM poder explicar melhor as variações nas rendibilidades do que a DIM. Outra questão abordada foi a relação entre o risco, o BTM e a DIM. Contrariamente ao evidenciado por Vieira e Pereira (2006), o nosso trabalho não permite suportar a ideia de que o BTM possa representar uma boa proxy de risco, uma vez que não responde da mesma forma ao longo das diferentes análises efectuadas. Encontramos ainda evidência que aponta para um comportamento mais racional do investidor durante períodos de crise e para nestes períodos tanto o BTM como a DIM funcionarem como uma boa proxy de risco.
Daniel and Titman (1997), using the Fama and French model (1993) found evidence that size (DIM) and Book-to-Market ratio (BTM) can explain cross section variation in stock returns. We also found evidence that these two indicators can explain returns using a different set of data, despite the effects found were reverse to those found by Daniel and Titman (1997) and Fama and French (1993, 2008). We also found evidence indicating that the BTM ratio can better explain the cross-section variation in returns than DIM. Another issue addressed was the relationship between risk, BTM and DIM. Unlike reported by Vieira and Pereira (2006), we found no evidence in the sample used that BTM could represent a good proxy for risk, since it does not respond in the same way throughout the various tests performed. Finally, we also found evidence pointing to a more rational investor's behaviour during times of crisis and that BTM and dimension can be good risk proxies.
Description: Mestrado em Ciências Empresariais
URI: http://hdl.handle.net/10400.5/1417
Appears in Collections:DG - Dissertações de Mestrado / Master Thesis
BISEG - Dissertações de Mestrado / Master Thesis

Files in This Item:

File Description SizeFormat
dissertacao_luis_pedro_branco.pdf434.28 kBAdobe PDFView/Open
Restrict Access. You can request a copy!
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

 
Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE