UTL Repository >
Faculdade de Medicina Veterinária >
Biblioteca >
BFMV - Teses de Mestrado 2º. Ciclo >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10400.5/1276

Title: Trauma torácico : fisiopatologia e prevalência de lesões intra-torácicas em canídeos e felideos politraumatizados no Hospital Veterinário do Porto : utilidade da troponina cardíaca I no diagnóstico de lesões intra-torácicas
Authors: Nunes, Bruno Filipe Fernandes
Advisor: Lobo, Luís Lima
Brito, Maria Teresa Villa de
Keywords: Trauma tóracico
Lesões intra-torácicas
Contusão
Troponinas
Blunt chest trauma
Intra-thoracic injuries
Contusion
Troponines
Issue Date: 10-Jul-2009
Publisher: Universidade Técnica de Lisboa. Faculdade de Medicina Veterinária
Citation: NUNES, B. F. F. (2009). Trauma torácico : fisiopatologia e prevalência de lesões intra-torácicas em canídeos e felideos politraumatizados no Hospital Veterinário do Porto : utilidade da troponina cardíaca I no diagnóstico de lesões intra-torácicas. Dissertação de Mestrado. Universidade Técnica de Lisboa, Faculdade de Medicina Veterinária, Lisboa.
Abstract: Hoje em dia os traumatismos, qualquer que seja a sua etiologia, continuam a ser uma das principais causas de morte nos animais de companhia. O trauma torácico assume uma grande importância nestas situações, face à gravidade das lesões intra-tóracicas que frequentemente se desenvolvem, nomeadamente lesões no parênquima pulmonar (contusão pulmonar), no espaço pleural (hemopneumotórax), no miocárdio e grandes vasos (miocardite traumática e derrame pericárdico) e na parede torácica (fractura de costelas e tórax instável), entre outras. É assim fundamental um bom conhecimento dos mecanismos fisiopatológicos do trauma e das lesões intra-torácicas que dele advém, de modo a conseguir prever e tratar atempadamente as lesões mais severas que rapidamente podem levar à morte do animal. No primeiro estudo realizado e que incidiu numa população de 68 animais politraumatizados por atropelamento ou por quedas de alturas, verificou-se que as lesões esqueléticas (44%) eram as mais frequentes, seguidas das lesões intra-torácicas (36%). Destas últimas, o pneumotórax (56%) e a contusão pulmonar (52%) foram as lesões mais comuns, seguindo-se o hemotórax (16%), o efisema sub-cutâneo (8%), o tórax instável (4%), o pneumomediastino (4%) e a hérnia diafragmática (4%), sendo que em 63% dos animais não existia qualquer evidência de lesão intra-torácica. A taxa de mortalidade da população foi cerca de 26%, sendo que 44% das mortes estavam directamente associadas à presença de lesões intra-torácicas. No entanto, é frequente a existência de lesões intra-torácicas sub-diagnosticadas, em consequência de uma carência de monitorização. Face ao exposto, uma amostra de 7 animais politraumatizados foi submetida à realização seriada do doseamento de troponina cardíaca I (cTnI), do electrocardiograma e da radiografia torácica. Observou-se que o doseamento sérico de cTnI a partir das 3h após o incidente traumático revela ser um bom meio de diagnóstico de lesões cardíacas em animais politraumatizados (média= 1,75ng/ml em canídeos e média= 4,29ng/ml em felídeos), assim como de lesões em órgãos adjacentes ao coração. Verificou-se ainda, um aumento significativo de cTnI nos animais com alterações electrocardiográficas e radiográficas mais severas. Face ao número reduzido de pacientes deste estudo, torna-se assim necessário a realização de estudos que incidam sobre um maior número de animais, de modo a comprovar a coerência e veracidade desta associação.
ABSTRACT - Blunt chest trauma: physiopathology and prevalence of intra-thoracic injuries in politraumatized dogs and cats at Veterinary Hospital of Porto. Cardiac troponin I utility for the diagnostic of intra-thoracic injuries - Trauma still is a major cause of dogs and cats mortality. Pulmonary contusion, hemothorax, pneumothorax, myocardial contusion, pericardial effusion, ribs fracture, flail chest, among others, are the most common injuries related with blunt chest trauma. Thereby, a good knowledge of trauma physiology is essential to prevent and treat more severe injuries, which could rapidly lead to death. A retrospective study was initiated in a population of 68 politraumatized dogs and cats (road traffic accident and high rise syndrome). Skeletal (44%) and thoracic (36%) injuries were the most frequent lesions in these animals. Pneumothorax (56%), pulmonary contusion (52%), hemothorax (16%), subcutaneous emphysema (8%), flail chest (4%), pneumomediastinum (4%) and diaphragmatic hernia were the injuries observed. 26% of the animals died, and 44% of the death was related with the presence of thoracic injuries. However, the diagnostic of thoracic injuries are frequently missed, because of the inexistence of a continuous monitorization. Thereby, in a prospective study, serial electrocardiogram recordings and troponin I measurements were performed in 7 trauma patients. Radiographic images of the animals’ thorax were obtained at admission. Troponin measurements 3 hours after trauma seems to be a good screening test to detect anatomical cardiac injuries (mean= 1,75ng/ml in dogs and mean= 4,29ng/ml in cats), as well as anatomical pulmonary injuries in animals with blunt chest trauma. A significant release of troponin I was associated with severe electrocardiographic and radiographic abnormalities. In order to determine the veracity of this association, it is essential to do this kind of research with more animals. More studies are needed.
Description: Dissertação de Mestrado Integrado em Medicina Veterinária
URI: http://hdl.handle.net/10400.5/1276
Appears in Collections:BFMV - Teses de Mestrado 2º. Ciclo

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Trauma torácico.pdf2.2 MBAdobe PDFView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

 
Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE