UTL Repository >
FMH - Faculdade de Motricidade Humana >
BFMH - Biblioteca da Faculdade de Motricidade Humana - Noronha Feio >
BFMH - Teses de Doutoramento / Ph.D.Thesis >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10400.5/1262

Title: Preditores psicossociais, exercício físico e sucesso num programa de controlo do peso
Authors: Palmeira, António João Labisa da Silva
Advisor: Teixeira, Pedro Jorge do Amaral e Melo
Keywords: Actividade física
Controlo do peso
Mulheres
Preditores psicossociais
Issue Date: 17-Jul-2009
Abstract: O presente trabalho teve como objectivo analisar varáveis psicossociais e associadas ao exercício como preditoras de sucesso num programa comportamental de tratamento do excesso de peso e obesidade. Para tal, realizaram-se 4 estudos com base no Programa PESO (Promoção do Exercício na Saúde e Obesidade), uma intervenção de longo prazo em mulheres pré-menopáusicas com excesso de peso ou obesidade. No estudo I o objectivo foi analisado sob a perspectiva dos paradigmas sócio-cognitivos de modificação comportamental. No estudo II avaliou-se prospectivamente as associações entre as alterações a curto prazo na imagem corporal, qualidade de vida e bem-estar subjectivo e as alterações no peso a curto e a longo prazo. O estudo III analisou as associações entre estas variáveis e a prática regular de exercício físico. O estudo IV aferiu se as alterações no peso e nas variáveis de imagem corporal, qualidade de vida, bem-estar subjectivo se influenciavam reciprocamente, num papel duplo de mediador e resultado, proporcionador do sucesso no programa. Efectuaram-se ainda trabalhos complementares que suportaram a produção dos estudos principais. Os principais resultados revelaram que: a) a auto-eficácia e a imagem corporal são variáveis essenciais para a compreensão dos processos de perda do peso; b) existem efeitos recíprocos entre as alterações no peso e na imagem corporal; c) os resultados no peso são pressagiados por alterações a curto prazo na auto-estima e perturbação emocional (bem como na imagem corporal); e d) a actividade física regular está associada aos melhores resultados no peso, na qualidade de vida e no bem-estar subjectivo. Os estudos permitem concluir que os tratamentos comportamentais para a obesidade devem incluir conteúdos que promovam a auto-eficácia e a auto-estima e melhorem a imagem corporal e vivência emocional, bem como contemplar avaliações regulares destas variáveis. Por último, a inclusão da actividade física e exercício regular nestes programas pode e deve ser considerada um elemento potenciador das melhorias destas variáveis. Por último, a inclusão da actividade física e exercício regular nestes programas pode e deve ser considerada um elemento potenciador das melhorias destas variáveis e não apenas como um mecanismo de aumento do dispêndio calórico.
Description: Doutoramento em Motricidade Humana na especialidade de Saúde e Condição Física
URI: http://hdl.handle.net/10400.5/1262
Appears in Collections:EXS - Teses de Doutoramento
BFMH - Teses de Doutoramento / Ph.D.Thesis

Files in This Item:

File Description SizeFormat
palmeira, 2009, Preditores Piscossociais Exercicio Fisico e .pdf18.33 MBAdobe PDFView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

 
Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE