UTL Repository >
ISEG - Instituto Superior de Economia e Gestão / ISEG - School of Economics & Management Lisbon >
Departamento de Economia / Department of Economics >
DE - Capítulos/Artigos em Livros Nacionais / Chapters in Portuguese Books >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10400.5/1198

Title: As pressões neo-proteccionistas dos anos 80/90, o acordo final do Uruguay Round: que perspectivas para o futuro do SCI?
Authors: Lima, Maria Antonina
Issue Date: 1995
Publisher: Instituto Superior de Economia e Gestão
Citation: Lima, Maria Antonina. 1995. "As pressões neo-proteccionistas dos anos 80/90, o acordo final do Uruguay Round: que perspectivas para o futuro do SCI?". In Ensaios de Homenagem a Francisco Pereira de Moura, 609-630. Lisboa: Instituto Superior de Economia e Gestão
Abstract: O nosso objectivo principal é avaliar os resultados finais do Uruguay Round. Começaremos por numa primeira parte pôr em evidência as características do surto neo-proteccionista dos anos 80/90. De seguida, analisaremos as pressões e as tendências que durante as Negociações Comerciais Multilaterais (NCMs) do Uruguay Round se colocaram sobre o futuro do GATT e do Sistema Comercial Internacional (SCI). Por fim, avaliaremos o conjunto final de acordos do Uruguay Round de Dezembro de 1994, e em particular, aquilo que a nosso ver constitui claramente o seu elemento mais interessante - a constituição da Organização Mundial de Comércio (OMC)-, no contexto global de uma dupla tendência: mundialização e regionalização.
URI: http://hdl.handle.net/10400.5/1198
Appears in Collections:DE - Capítulos/Artigos em Livros Nacionais / Chapters in Portuguese Books

Files in This Item:

File Description SizeFormat
AS PRESSÕES NEO-PROTECCIONISTAS.pdf389.08 kBAdobe PDFView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

 
Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE