UTL Repository >
ISEG - Instituto Superior de Economia e Gestão / ISEG - School of Economics & Management Lisbon >
Biblioteca Francisco Pereira de Moura / Francisco Pereira de Moura Library >
BISEG - Dissertações de Mestrado / Master Thesis >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10400.5/1173

Title: Assessing personal retirement savings plans: the portuguese case
Authors: Kadhim, Lara Vilela
Advisor: Garcia, Maria Teresa Medeiros
Keywords: personal savings
traditional system of pension provision
special fiscal regime
demographic evolution
portfolio performance evaluation
poupança pessoal
sistema tradicional de provisão das pensões
regime fiscal especial
evolução demográfica
avaliação do desempenho das carteiras
Issue Date: Jun-2009
Publisher: Instituto Superior de Economia e Gestão
Citation: Kadhim, Lara Vilela. 2009. "Assessing personal retirement savings plans: the portuguese case". Dissertação de Mestrado. Universidade Técnica de Lisboa. Instituto Superior de Economia e Gestão
Abstract: This thesis highlights the insights and shortcomings of personal retirement savings plans (PRSP) structure, operations and performance. These schemes were, at first, established in 1989, with the purpose of encouraging personal savings and, at the same time, complementing the traditional system of pension provision. Because of their voluntary nature, the state offered a special fiscal regime to PRSP in order to promote individuals' reliance on private pension savings. PRSP are administered by pension plan sponsors. Together with investment managers, they find that their privileged access to information and to sophisticated techniques of performance evaluation allows them to achieve superior performances (for a portfolio security) than the ones reached by a financially myopic individual. To investigate this point, an analysis was conducted on return, risk, security selection and market timing performance of a sample of 20 representative personal retirement savings funds (PRSF), hold in the form of pension funds. This thesis begins with a brief debate on the impact of demographic evolution in the Portuguese pension system, with a special reference to the third pillar of pension protection. Then, it portrayed PRSP status quo and growth trends, and pointed out some criticisms and an alternative to these schemes. The final section examines PRSF performance. It starts with a brief description on the data, methodology and data limitations, followed by a literature review on portfolio performance measures and market timing. Using a time series regression on PRSF gross returns, some illustrative results are presented and identified the potential distortionary outcome of portfolio performance measures.
Esta tese procura salientar as virtudes e debilidades inerentes à estrutura, modus operandis e desempenho dos planos de poupança reforma (PPR). Estabelecidos, pela primeira vez, em 1989, estes planos propunham-se a estimular a poupança voluntária bem como a complementar os esquemas tradicionais de provisão de pensões. Por serem planos de subscrição voluntários, o estado concedeu-lhes um regime fiscal especial a fim de promover a confiança dos indivíduos neste tipo de poupança privada para a velhice. Os PPR são geridos por entidades gestoras de fundos de pensões que, juntamente com os gestores de investimento, consideram que o seu acesso privilegiado à informação e às técnicas sofisticadas de avaliação do desempenho das carteiras lhes permite obter um desempenho superior àquele que seria obtido por um individuo com miopia financeira. Para investigar este facto, foram analisados o rendimento, risco, selecção individual e market timing de uma amostra composta por 20 fundos de poupança reforma (FPR), detido sobre a forma de fundos de pensões. A tese começa com uma breve discussão sobre o impacto da evolução demográfica no sistema de pensões nacionais, com especial referência para o terceiro pilar de protecção social. Segue-se, uma descrição sobre o status quo e as tendências de crescimento dos PPR. São também apontadas algumas críticas aos PPR bem como uma alternativa a estes esquemas complementares. Por fim, analisa-se a desempenho dos PPR, com uma breve descrição sobre os dados, metodologia adoptada e respectivas limitações. Segue-se uma revisão da literatura referente à avaliação do desempenho de carteiras e ao market timing. Tendo por base uma regressão temporal sobre o rendimento bruto dos FPR, são ilustrados os resultados alcançados e identificados os possíveis desfechos distorcionários que podem decorrer das medidas de avaliação do desempenho das carteiras.
Description: Mestrado em Economia Monetária e Financeira
URI: http://hdl.handle.net/10400.5/1173
Appears in Collections:DE - Dissertações de Mestrado / Master Thesis
BISEG - Dissertações de Mestrado / Master Thesis

Files in This Item:

File Description SizeFormat
capa+resumos.pdf1.14 MBAdobe PDFView/Open
Restrict Access. You can request a copy!
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

 
Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE