UTL Repository >
ISEG - Instituto Superior de Economia e Gestão / ISEG - School of Economics & Management Lisbon >
Biblioteca Francisco Pereira de Moura / Francisco Pereira de Moura Library >
BISEG - Dissertações de Mestrado / Master Thesis >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10400.5/1025

Title: O alargamento da União Europeia a leste e o investimento directo estrangeiro em Portugal e nos novos membros - determinantes de localização e deslocalização de empresas: avaliação econométrica dos determinantes de atracção do IDE aplicada a Portugal
Authors: Jacinto, Ana Cristina dos Santos
Advisor: Santos, Vítor Manuel da Silva
Keywords: Investimento Directo Estrangeiro
Determinantes de Atracção do País de Destino do Investimento Directo Estrangeiro
Especialização Industrial
Países da Europa Central e Oriental
Modelo Gravitacional
Foreign Direct Investment
Host Country Determinants of Foreign Direct Investment
Industrial Specialization
Central and Eastern European Countries
Gravity Model
Issue Date: Apr-2005
Publisher: Instituto Superior de Economia e Gestão
Citation: Jacinto, Ana Cristina dos Santos. 2005. "O alargamento da União Europeia a leste e o investimento directo estrangeiro em Portugal e nos novos membros - determinantes de localização e deslocalização de empresas: avaliação econométrica dos determinantes de atracção do IDE aplicada a Portugal". Dissertação de Mestrado. Universidade Técnica de Lisboa. Instituto Superior de Economia e Gestão
Abstract: Com o novo alargamento da União Europeia a Leste colocam-se alguns desafios a Portugal. Esses desafios são de variada ordem, abordando-se neste trabalho alguns relativos à capacidade de atracção de Investimento Directo Estrangeiro. Para tal, abordam-se temas que vão desde o próprio padrão de especialização da economia portuguesa, a sua evolução temporal, a evolução da abertura do país aos investimentos internacionais e os seus determinantes de atracção. Ao longo do trabalho tenta-se estabelecer um paralelo entre a realidade da economia portuguesa com a dos PECO, procurando-se, sempre que possível, identificar alguns aspectos de "conflito" e "ameaça" para Portugal. Em relação aos fluxos de entrada de IDE em Portugal, este trabalho recorre à estimação econométrica de alguns dos factores que estimulam/condicionam estes para os principais investidores estrangeiros em Portugal e para os anos de 1998 a 2002, tendo como base os fundamentos teóricos do IDE.
The new enlargement of the European Union to the East will result in new challenges for Portugal. These challenges vary in order according to the capacity to attract Foreign Direct Investment (FDI). For this to happen, we must question themes such as the specialization pattern of the Portuguese economy, its evolution, the evolution of the country to international investments ant their attracting attributed. We also try to establish a parallel between the reality of the Portuguese economy and CEEC, in doing this, we try whenever as possible to identify any "conflicts" or "threats" to Portugal. In relation to inflows of FDI in Portugal, in this work we run an econometric estimation of certain factors that might stimulate/condition these flows for the main foreign investors in Portugal from 1998 to 2002, based upon the fundamental theories of the FDI.
Description: Mestrado em Gestão e Estratégia Industrial
URI: http://hdl.handle.net/10400.5/1025
Appears in Collections:DE - Dissertações de Mestrado / Master Thesis
BISEG - Dissertações de Mestrado / Master Thesis

Files in This Item:

File Description SizeFormat
tese_final_Abril 2005.pdf1.83 MBAdobe PDFView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

 
Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE