UTL Repository >
Faculdade de Medicina Veterinária >
Biblioteca >
BFMV - Teses de Mestrado 2º. Ciclo >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10400.5/1021

Title: Avaliação da qualidade higio-sanitária da carne de frango: pesquisa de Listeria monocytogenes por PCR
Authors: Caleiro, Patrícia Alexandra Costa Silva Rufino
Advisor: Fraqueza, Maria João dos Ramos
Keywords: Qualidade higio-sanitária
Carne de frango
Listeria monocytogenes
PCR
Issue Date: 23-Apr-2009
Publisher: Universidade Técnica de Lisboa. Faculdade de Medicina Veterinária
Citation: CALEIRO. P. A. C. S. R. (2009). Avaliação da qualidade higio-sanitária da carne de frango: pesquisa de Listeria monocytogenes por PCR. Dissertação de Mestrado. Universidade Técnica de Lisboa, Faculdade de Medicina Veterinária, Lisboa.
Abstract: O consumo de carne de frango, nas diferentes apresentações existentes, tem em Portugal uma enorme expressão, pelo que a segurança destes produtos é de extrema importância. A Listeria monocytogenes é ubiquitária, adaptando-se facilmente a ambientes refrigerados e com possibilidade de aumentar a sua termotolerância quando submetida a stress térmico o que a torna um enorme desafio para a garantia da segurança alimentar. A listeriose, doença causada pela infecção por Listeria monocytogenes no homem, é particularmente grave em grávidas, recém-nascidos, crianças, idosos e imunodeprimidos ou debilitados, todos eles potenciais consumidores de carne de frango uma vez que se trata de um alimento nutritivo e equilibrado muito adequado à alimentação destes indivíduos. A prevalência da doença embora reduzida, tem vindo a aumentar registando uma taxa de mortalidade elevada. Os frangos são portadores de Listeria monocytogenes, excretando a bactéria e contaminando as caixas de transporte, as linhas de abate e os locais de manipulação das carcaças e derivados resultantes da desmancha. O peito de frango, chega ao consumidor final na forma refrigerada e em embalagem de atmosfera modificada, o que permite alongar os prazos de validade mas possibilita o crescimento deste agente patogénico, quando presente. Este trabalho teve como objectivo principal avaliar a frequência de aparecimento de Listeria monocytogenes em peitos de frango, utilizando uma metodologia alternativa baseada na reacção em cadeia da polimerase (PCR). Em amostras de peitos de frango (n=52) obtidos por desmancha de carcaças de acordo com as praticas habituais de um operador, transportadas para o laboratório em carrinha refrigerada e segundo as práticas normais de distribuição para o comércio, realizou-se a pesquisa de Listeria monocytogenes de acordo com o método da ISO 11290-1 e pela metodologia PCR. Testou-se a sensibilidade desta metodologia alternativa tendo-se para isso inoculado diferentes concentrações de UFC de Listeria monocytogenes 4a em peitos de frango. A sensibilidade calculada para a metodologia utilizada foi de 1ufc/g. A avaliação da presença deste agente patogénico pela metodologia alternativa acoplada a PCR, efectuada a partir da fase de enriquecimento selectivo Fraser I, permitiu concluir que todas as amostras foram negativas para a pesquisa de Listeria monocytogenes em 25g.
ABSTRACT - Poultry meat higio – sanitary evaluation: Listeria monocytogenes detection by PCR - The consumption of poultry meat and their products has an enormous relevance in Portugal, being the safety of these products particularly important. The Listeria monocytogenes is a ubiquitous microorganism, well adapted to refrigerated environments and with the possibility to increase its termotolerance under heat stress, turning it an enormous challenge to food safety. Listeriosis is a severe infectious disease, particularly serious to pregnant women, newborns, young children, elderly people and immunocompromised patients, all potential consumers of poultry meat. This kind of meat is recognised as a nutritional and balanced food, very suitable to feed these risk groups. The prevalence of the disease is reduced, but it has increased in the last years with a high fatality rate among susceptible populations. The broilers are carriers of Listeria monocytogenes, spreading this bacterium and contaminating transport boxes, slaughter lines and all environments where carcasses and deboned products are manipulated. Poultry breasts are presented to final consumer refrigerated under modified atmosphere packaging which increase product shelf life but allows the development of this pathogen when present. The main aim of this work was to evaluate the prevalence of Listeria monocytogenes in poultry breasts using a rapid methodology based in Polymerase Chain Reaction (PCR). Breasts poultry samples (n=52) were obtained after carcass broiler deboning as the operator labour practices and transported to the laboratory in a refrigerator vehicle according to current distribution practices. The detection of Listeria monocytogenes was performed according to classical method ISO 11290-1 and rapid PCR method. Rapid method sensibility was tested on breast poultry samples inoculated with different UFC Listeria monocytogenes 4a concentrations. The sensibility of the used methodology was 1 UFC/g. The detection of this pathogen by PCR methodology performed after selective enrichment Fraser I, allows to conclude that all samples were negative to Listeria monocytogenes in 25g.
Description: Dissertação de Mestrado Integrado em Medicina Veterinária
URI: http://hdl.handle.net/10400.5/1021
Appears in Collections:BFMV - Teses de Mestrado 2º. Ciclo

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Dissertação-parte2.pdfIndice30.9 kBAdobe PDFView/Open
Dissertação-parte3.pdfDocumento principal1.1 MBAdobe PDFView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 

 
Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE