Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.5/9893
Título: Kinematic analysis and upper limb contributions to racket head velocity of elite tennis players in tennis forehand drive winner.
Autor: Pedro, Bruno Miguel Machado
Orientador: Veloso, António Prieto
Palavras-chave: Inertial sensors analysis
Kinematic
Racket speed
Tennis forehand
Upper limb contributions
Análise cinemática
Batimento de direita
Contribuição do membro superior
Sensores inerciais
Velocidade da raquete
Data de Defesa: 2015
Citação: Pedro, Bruno (2015) - Kinematic analysis and upper limb contributions to racket head velocity of elite tennis players in tennis forehand drive winner. Dissertação de Mestrado. Universidade de Lisboa. Faculdade de Motricidade Humana.
Resumo: The aim of the present study was to quantify and compare kinematic variables and their contributions to the racket head speed in tennis forehand winner, in the cross court and inside out direction. Mini inertial sensors (Xsens MVN) of motion capture, recorded kinematic data of six elite tennis players (ATP professionals). Linear velocity of the racket and ball were captured with a high speed video camera. Results indicate that the direction of the shot is influenced by the internal/external rotation of the upper arm and the abduction/adduction of the hand after the impact. Significant differences between the two directions were found in the end of the racket horizontal movement, where the players showed higher wrist abduction when playing in the inside out direction (cross court: 13.9 ± 17.2°; inside out: 16.9 ± 18.6°). Players presented a higher internal rotation of the shoulder in the inside out direction (cross court: -54.0 ± 11.8°vs. inside out: -48.0 ± 11.0°) and demonstrated an increased racket linear velocity in the cross court direction (cross court: 32.0±3.5m/s vs. Inside out: 30.3±3.8m/s). Horizontal flexion/abduction of the upper arm and flexion/extension of the forearm were the major contributors for the racket’s head speed.
Resumo: O objetivo do presente estudo foi comparar variáveis cinemáticas entre uma direita cruzada e descruzada no ténis e quantificar a contribuição do membro superior para a velocidade da cabeça da raquete Foram utilizados mini sensores inerciais (Xsens MVN) para capturar o movimento de seis atletas profissionais (ranking ATP). Para capturar a velocidade da raquete e da bola foi utilizada uma câmara de alta velocidade, onde a velocidade foi calculada através de um algoritmo DLT com o software APAS®. A contribuição do membro superior para a velocidade da cabeça da raquete foi identificada através de um algoritmo matemático. Foram selecionados 12 batimentos por sujeito que foram analisados desde o final da fase de preparação até ao final do movimento horizontal da raquete. Os resultados do indicam que a direção da bola poderá ser influenciada pela rotação interna do braço e a abdução da mão após o batimento. Os jogadores apresentaram maior abdução na direita descruzada (cruzada: 13.9 ± 17.2°; descruzada: 16.9 ± 18.6°) e maior rotação interna do ombro na direita descruzada (cruzada: -54.0 ± 11.8° vs. descruzada: -48.0 ± 11.0°). Ficou demonstrado que a maior contribuição para a velocidade da raquete provém da flexão/abdução do braço e também da flexão/extensão do antebraço.
Descrição: Mestrado em Treino de Alto Rendimento
URI: http://hdl.handle.net/10400.5/9893
Aparece nas colecções:BFMH - Dissertações de Mestrado / Master Thesis

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Tese definitiva.pdf1,22 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.