Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.5/9216
Título: Influência do tipo de aleitamento no ganho ponderal e estatural de crianças no primeiro ano de vida : estudo de uma população pediátrica portuguesa.
Autor: Duarte, Sandra Cristina Sousa
Orientador: Fragoso, Maria Isabel Caldas Januário
Palavras-chave: Aleitamento
Características morfológicas
Crescimento
Crianças
Data de Defesa: 2009
Citação: Duarte, Sandra (2009) - Influência do tipo de aleitamento no ganho ponderal e estatural de crianças no primeiro ano de vida : estudo de uma população pediátrica portuguesa. Dissertação de MestradoUniversidade Técnica de Lisboa. Faculdade de Motricidade Humana.
Resumo: Objectivos: Estudar a influência do tipo de aleitamento e do momento da introdução de alimentos, no crescimento de um grupo de 99 crianças, durante o 1º ano de vida. Verificar os factores determinantes desse processo. Metodologia: Os dados antropométricos foram obtidos utilizando os registos individuais de saúde e foi aplicado um questionário aos pais de modo a obter dados relativos a factores determinantes no crescimento. As variáveis dependentes foram o peso e comprimento e os momentos estudados, o 1º, 4º, 6º, 9º e 12º meses. Os grupos foram constituídos com base nas definições de aleitamento da OMS — Materno (M), Artificial (A) e Misto (Mis). Para análise dos dados foram utilizados os modelos Anova e Ancova. Resultados: Todos os grupos apresentaram um crescimento adequado. Os grupos artificial (A) e misto (Mis) revelaram um ganho de peso superior ao materno (M). Observou-se um fenómeno de “catch-up” até aos 4 meses nos grupos A e Mis que apresentavam, ao nascimento, estatura e peso inferiores. As crianças que foram desmamadas entre os 3 e os 5 meses não apresentaram diferenças no crescimento aos 9º e 12º mês relativamente às que foram desmamadas após os 6 meses. A idade gestacional, o peso das mães (habitual e gestacional) e a estatura dos pais mostraram uma forte influência no crescimento infantil ao longo do 1º ano de vida. Confirmou-se o efeito protector do aleitamento materno na saúde infantil relativa a este período. Conclusões: O tipo de aleitamento parece afectar o ganho de peso no primeiro ano de vida. Prevalece o efeito protector do aleitamento materno sem efeito significativo do tempo de aleitamento materno no crescimento infantil. A idade gestacional, o peso da mãe e a estatura do pai apresentam-se como factores influentes do crescimento infantil no primeiro ano de vida.
ABSTRACT: Aims: To study the inluence of breastfeding and the weaning’s moment on 1st year growth of 99 portuguese children. To determine the main factors that influence the 1st year growth. Methods: Antropometric data were collected from individual health registries and a questionary was apllied to parents in order to obtain data related to growth determinants. The response variables were body weight and length on 1st, 4th, 6th, 9th, and 12th months. The groups were formed based on OMS definitions on breastfeeding: M (exclusively breastfeded), A (formula-fed) and Mis (formula and breasfeeded). Data analysis was performed having Anova and Ancova as main procedures. Results: All groups have demonstrate an adequate growth. The non-breastfeded and mixed group gained more weight then breastfed group. There were no differences on length from 4th to 12th month between groups. A catch-up growth was observed among non- breastfeed and mixed group between birth and 4th moths, that presented a lower weight and length at birth. Children weaned between 3 th and 5th month does not differ on growth at 9th and 12th months from them who were weaned after 6th. The gestational age, mother’s weight and father’s length have demonstrate a high influence on 1st year growth. The benefits of breastfeding against infections were confirmed. Conclusions: formula-fed infants gain more weigth than breastfeded on 1st year. Although the protective benefit on health child is a fact, the duration of breastfeeding does not seems to influence child growth. The gestational age, mother’s weight and father’s length seems to be related to 1st year growth.
Descrição: Mestrado em Desenvolvimento da Criança na variante de Desenvolvimento Motor
URI: http://hdl.handle.net/10400.5/9216
Aparece nas colecções:BFMH - Dissertações de Mestrado / Master Thesis

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Sandra Duarte_Tese-Capa.pdfCapa18,61 kBAdobe PDFVer/Abrir    Acesso Restrito. Solicitar cópia ao autor!
Sandra Duarte_Tese final.pdfDocumento principal517,22 kBAdobe PDFVer/Abrir    Acesso Restrito. Solicitar cópia ao autor!


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.