Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.5/9141
Título: Urgências : abordagem médico-cirúrgica de lesões provocadas por armas de fogo em cães
Autor: Silva, Lília Filipa Nunes e
Orientador: Cruz, Luís Miguel Amaral
Luís, José Paulo Pacheco Sales
Palavras-chave: Lesões por arma de fogo
Lesão penetrante
Urgências
Traumatismo
Balística
Cão baleado
Gunshot wounds
Penetrating injuries
Emergency and critical care
Trauma
Ballistics
Dog
Data de Defesa: 22-Jul-2015
Editora: Universidade de Lisboa. Faculdade de Medicina Veterinária
Citação: Silva, L.F.N. (2015). Urgências : abordagem médico-cirúrgica de lesões provocadas por armas de fogo em cães. Dissertação de mestrado. Universidade de Lisboa, Faculdade de Medicina Veterinária, Lisboa.
Resumo: As lesões provocadas por projéteis representam uma pequena parte dos casos de traumatismo, cerca de 2.1%. Este tipo de lesões podem ter origem criminosa, e como tal devem-se conhecer os aspectos legais quando se lida com as provas. É de ter em consideração que armas curtas são mais prevalentes nas áreas metropolitanas, enquanto carabinas e espingardas são mais comuns nas áreas rurais. Além disso, normalmente acontecem em alturas com menor supervisão por parte dos proprietários. A balística é um tema difícil, mas os médicos veterinários devem ter algumas noções desta, de forma a poderem determinar o tipo de lesões presentes e a abordagem mais correcta. A gravidade das lesões depende das características do projétil, da energia cinética absorvida no impacto e dos tecidos atingidos. As balas lesionam os tecidos por laceração e esmagamento, ondas de choque e cavitação. Além disso, a destruição é influenciada pela deformação ao impacto, sendo maior quando toda a energia cinética do projétil é absorvida. A abordagem inicial das lesões por projéteis é a mesma de qualquer paciente traumatizado, começando pela triagem que determina a sua prioridade médica, estado clínico e prognóstico. Quando a situação o exige deve-se colocar em prática o ABCDE das urgências, sendo que a presença de choque hipovolémico é comum devido à hemorragia. Quando esta é grave e aguda, os pacientes requerem fluidoterapia agressiva, hemoterapia e, por vezes, cirurgia para a controlar. Nos pacientes em estado grave, a paragem cardiorespiratória é algo que pode ocorrer, sendo uma situação mais dificilmente reversível em medicina veterinária e que deve justificar uma resposta precoce e efetiva. Após a estabilização do paciente, procede-se a uma abordagem direcionada a cada órgão atingido, tendo em conta as particularidades deste tipo de lesões. Foram acompanhados e descritos dois casos de cães com lesões por projéteis, que ocorreram na mesma altura e propriedade. Ambos deram entrada no Hospital Veterinário das Laranjeiras num estado clínico grave, um apresentando um tiro no tórax e o outro um tiro no abdómen, tendo este último um prognóstico muito reservado devido a hemorragia e perfuração intestinal. Em ambos os casos se procedeu à estabilização dos pacientes, avaliação das lesões e cirurgia. No paciente com a lesão torácica, após colocação do tubo de toracostomia e estabilização, avançou-se para a exploração cirúrgica torácica e controlo da hemorragia, com sucesso. No paciente com lesão abdominal, após tentativa de estabilização, avançou-se para laparotomia exploratória, mas este não resistiu aos ferimentos.
ABSTRACT - Emergency and critical care: medical and surgical management of gunshot wounds in dogs - Gunshot injuries represent a small subset of traumatic injuries in veterinary patients, comprising up to 2.1% of trauma cases. Since this kind of injuries could be criminal, so the legal aspects should be known when dealing with the evidences. The handguns are more prevalent in cities, and the riffles and shotguns are more common in rural areas. Moreover, normally this happens when there are less supervision by the owner. Ballistics are a difficult theme, but veterinary surgeons should have some knowledge about this, in order to identify the injuries and choose the best management option possible. The severity of the wounds depends on the projectile characteristics, kinetic energy transferred during the impact and the affected tissues. Furthermore, the destruction is affected by the deformation during the impact, which turns out bigger when all the projectile kinetic energy is absorbed. Initial management of gunshot wounds is similar to any traumatized patient, and it should start with the triage, that determines the medical priority, the clinical condition and the prognostic. If necessary the ABCDE should be done as hypovolemic shock is an usual ocurrence derivated from the presence of hemorrhage. When the hemorrhage is acute and severe, the patients require aggressive fluid therapy, hemotherapy, and, sometimes, surgery to control it. Patients with a severe condition can have a cardiorespiratory arrest, which is more difficult to reverse in veterinary medicine. Thus, the response to this condition must be prompt and effective. After the patient stabilization, management of each organ injured should be done regarding the particularities of gunshot lesions. Two gunshots cases in dogs were followed, and are reported in this thesis. Both happened at the same time and in the same area. They arrived at HVL in serious condition, one with a gunshot in the thorax and the other with a gunshot in the abdomen. The latter had a reserved prognosis duo to hemorrhage and intestinal perforation. Both were stabilized, had their lesions evaluated and had surgery. The patient with thoracic lesion, after the placement of a thoracostomy tube to drain the blood, had exploratory surgery to control the hemorrhage, with success. The patient with the abdominal lesion, after stabilization was attempted had exploratory laparomy. Unfortunately, she ended up succumbing to the injuries
Descrição: Dissertação de Mestrado Integrado em Medicina Veterinária
URI: http://hdl.handle.net/10400.5/9141
Aparece nas colecções:BFMV - Teses de Mestrado 2º. Ciclo

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Urgências - Abordagem médico-cirúrgica de lesões provocadas por armas de fogo em cães.pdf5 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.