Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.5/9135
Título: Necessidades de formação dos cuidadores informais de idosos dependentes nas actividades de vida diária.
Autor: Teniz, Liliana Catarina dos Santos
Orientador: Onofre, Marcos Teixeira de Abreu Soares
Palavras-chave: Actividades de vida diária
Cuidadores informais
Grau de dependência
Idosos
Necessidades de formação
Activities of daily living
Caregivers
Elderly
Needs assessment
Data de Defesa: 2010
Citação: Teniz, Liliana (2010) - Necessidades de formação dos cuidadores informais de idosos dependentes nas actividades de vida diária. Dissertação de Mestrado. Universidade Técnica de Lisboa. Faculdade de Motricidade Humana.
Resumo: O actual envelhecimento demográfico conduziu ao aumento do número de idosos dependentes no domicílio, pelo que o presente estudo visou identificar as necessidades de formação dos cuidadores informais de idosos dependentes nas actividades de vida diária. Tratou-se de um estudo descritivo, de abordagem qualitativa, em que foi utilizado o questionário e a entrevista semi-estrurada, com 15 cuidadores. Identificaram- -se 11 cuidadoras, com idade média de 66 anos, a prestarem cuidados há 60 meses, em média. Recebiam ajuda 8 cuidadores e formação, 4. Os idosos apresentavam dependência de grau IV (14) (Índice de Katz) e 8 deles mais de 3 patologias. Foi considerado facilidade: dar os alimentos (12), realizar a higiene corporal (12); lavar os genitais e observar a pele (11), vestir e despir (9), posicionar na cama e para alimentar. Como dificuldades destacaram-se: a gestão de sentimentos (9); limitações na saúde do cuidador (6) e falta de força na mobilização (8). Valorizaram-se ajudas como: a observação e realização dos cuidados pelos ajudantes domiciliários (7); a experiência do cuidador (6); os ensinos dos enfermeiros e o esclarecimento de dúvidas pelo médico (5). Concluiu-se que as dificuldades estão mais relacionadas com características do cuidador e as ajudas são pouco depositadas nos profissionais de saúde.
ABSTRACT: General population aging has contributed to the rise of dependent elderly patients. The aim of this study is identifying training needs of informal caregivers of dependent elderly patients in their daily living activities at home. It is a descriptive study, in a qualitative approach, using a semi-structured questionnaire and interview applied to 15 caregivers. 11 of the interviewees were female and, in average, were 66 years old and were providing healthcare services for 60 months. 8 received external support and 4 attended training. 14 of patients had a dependence degree of IV (Katz Index) and 8 had more than 3 pathologies. The main facilities were: feeding (12), dealing with personal hygiene (12), washing genitals and observing skin (11), dress and undressing (9) and mobilizing on bed for feeding (8). The main difficulties were: emotional management (9), limitations in caregiver’s health (6) and lack of strength for mobilization (8). The most valuated supports were: observation of healthcare procedures applied by professional supporters (7), experience of caregivers (6), training by nurses and clarification of doubts by doctors (5). It have been concluded that difficulties are mostly related with caregivers characteristics and that support to caregivers is weakly linked to health professionals.
Descrição: Mestrado em Ciências da Educação na Especialidade de Educação para a Saúde
URI: http://hdl.handle.net/10400.5/9135
Aparece nas colecções:BFMH - Dissertações de Mestrado / Master Thesis

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Dissertação de mestrado - Liliana Teniz (2010) Final.pdf807,05 kBAdobe PDFVer/Abrir    Acesso Restrito. Solicitar cópia ao autor!


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.