Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.5/9109
Título: Sector energético : eficiência, técnicas de fronteiras e meta-análise
Autor: Sequeira, Olinda Maria dos Santos
Orientador: Barros, Carlos Pestana
Palavras-chave: Eficiência
Fronteiras Estocásticas
Data Envelopment Analysis
Meta- análise
Sector Energético
Efficiency
Stochastic Frontier
Meta-Analysis
Energy Sector
Data de Defesa: 2015
Editora: Instituto Superior de Economia e Gestão
Citação: Sequeira, Olinda Maria dos Santos (2015). "Sector energético : eficiência, técnicas de fronteiras e meta-análise". Tese de Doutoramento, Universidade de Lisboa. Instituto Superior de Economia e Gestão.
Resumo: Neste trabalho, através de uma meta-análise, pretende-se integrar os resultados obtidos nos estudos sobre a eficiência, realizados no sector energético, e analisar se as decisões metodológicas influenciam os valores de eficiência estimados. Os dados são constituídos por 162 modelos reportados em 63 artigos científicos que analisaram empiricamente o nível de eficiência no sector energético no período de 1979 a 2013. Através de um modelo de meta- regressão, a investigação focaliza-se em tentar perceber que efeitos podem ter as diferentes especificações dos modelos nos valores estimados para a eficiência. Analisa-se o impacto que as variáveis - revista no qual o estudo é publicado, ano de publicação, método paramétrico versus não paramétrico, tipo de função, forma funcional aplicada, orientação input versus output, distribuição do erro, efeitos aleatórios versus efeitos fixos, dimensão da amostra, tipo de dados, ano a que se referem os dados e número de variáveis output incluídas - podem ter no nível de eficiência estimado para as unidades de produção e distribuição energética. Os resultados parecem demonstrar que o ano de publicação do artigo, opção pela função custo, a forma funcional translog, a distribuição semi-normal para o termo de erro, dados de painel e o número de variáveis output têm um impacto negativo no cálculo da estimativa da eficiência. Por outro lado, a opção pelo modelo de efeitos aleatórios tem um impacto positivo. Relativamente à média dos anos de observação e dimensão da amostra, os resultados demonstram que não existe qualquer efeito relevante. Existe evidência estatística, a um nível de significância de 5%, para afirmar que as variáveis Energy Economics journal, modelos paramétricos, orientação input e rendimentos variáveis à escala produzem efeito positivo na estimativa da eficiência. Por último, o modelo especificado neste trabalho e os resultados obtidos permitem acomodar outras variáveis que tenham como objectivo o aprofundamento e futuros desenvolvimentos deste trabalho.
In this paper, through a meta-analysis, we intend to integrate the results obtained in studies conducted on the efficiency in the energy sector and try to understand if indeed the methodological decisions influence the efficiency values estimated. The data consist of 162 models reported in 63 scientific articles that empirically analyzed the level of efficiency in the energy sector from 1979 to 2013. Through a meta-regression model, the research focuses on trying to understand what effects may have the different specifications of the models in the estimated values for efficiency. We analyze the impact of variables - journal in which the study is published, year of publication, parametric versus nonparametric method, type of function, functional form applied, input versus output orientation, error distribution, random effects versus fixed effects, sample size, data type, the year to which they relate data and number of output variables - can have on the estimated level of efficiency for units of energy production and distribution. The results demonstrate that the year of publication of the article, the option cost function, the translog functional form, the half-normal distribution for the error term, panel data and the number of output variables have a negative impact on the calculation of the estimate value of efficiency. Moreover, the choice of the random effects model has a positive impact. For the average of years of observation and sample size, the results demonstrate that there is no significant effect. There is statistical evidence, a 5% significance level, for asserting that the variables Journal Energy Economics, parametric method, input orientation and variables returns to scale produce positive effect on the estimation of efficiency. Finally the model specified in this study and the results indicate the possibility of integrating other variables that aim to deepen this work and future developments of this work are indicated.
Descrição: Doutoramento em Economia
URI: http://hdl.handle.net/10400.5/9109
Aparece nas colecções:DE - Teses de Doutoramento / Ph.D. Thesis
BISEG - Teses de Doutoramento / Ph.D. Thesis

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
TD-OMSS-2015.pdf1,88 MBAdobe PDFVer/Abrir    Acesso Restrito. Solicitar cópia ao autor!


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.