Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.5/9083
Título: A aplicação da endoscopia no tratamento da litíase do trato urinário superior em gatos : estudo retrospetivo
Autor: Fernandes, Vanessa Alexandra Fonseca
Orientador: Morais, Luís Henrique Santos de
Luís, José Paulo Pacheco Sales
Palavras-chave: Felinos
Trato urinário superior
Nefroureterolitíase
Obstrução ureteral
Nefroscopia
Hidropropulsão ureteral retrógrada
Feline
Upper urinary tract
Ureteral obstruction
Nephroscopy
Retrograde flushing
Nephroureterolithiasis
Data de Defesa: 26-Jun-2015
Editora: Universidade de Lisboa. Faculdade de Medicina Veterinária
Citação: Fernandes, V.A.F. (2015). A aplicação da endoscopia no tratamento da litíase do trato urinário superior em gatos : estudo retrospetivo. Dissertação de mestrado. Universidade de Lisboa, Faculdade de Medicina Veterinária, Lisboa.
Resumo: A nefroureterolitíase evidenciou-se nos últimos 20 anos como uma importante causa de doença renal aguda e crónica. A principal indicação para remoção destes urólitos no gato é a presença de obstrução ureteral. Contudo, os procedimentos cirúrgicos tradicionais estão normalmente associados a altas taxas de morbilidade e mortalidade. Os recentes avanços nas técnicas endourológicas interventivas têm permitido uma melhor gestão desta patologia. Este estudo retrospetivo procurou caracterizar do ponto de vista clínico e epidemiológico os casos de nefroureterolitíase em gatos acompanhados no Hospital Escolar da VetAgro Sup (Lyon, França) entre Janeiro de 2008 e Junho de 2012 e ainda avaliar a técnica de nefroscopia associada à hidropropulsão ureteral retrógrada na remoção da litíase do trato urinário superior. A amostra de felinos em estudo (n=31) foi composta maioritariamente por gatos de raça doméstica (68%), de ambos os géneros, esterilizados (87%), com uma idade média de 5,3 anos, que vivem exclusivamente no interior (67%) e cuja alimentação, exclusivamente à base de granulado, é adquirida sobretudo no veterinário (71%). Os sinais clínicos apresentados foram maioritariamente inespecíficos, como, anorexia, prostração, vómito e perda de peso, frequentemente associados a azotemia. Foram identificados 19 casos de nefroureterolitíase, 6 de nefrolitíase e 6 de ureterolitíase. Vinte e quatro destes animais apresentaram obstrução ureteral, evidenciada pela dilatação da pélvis renal e ureter. A nefroscopia associada à cistotomia e à hidropropulsão ureteral retrógrada foi realizada em 13 animais. Em 7 destes foi necessário recorrer adicionalmente à ureterotomia para remover urólitos aderentes à mucosa ureteral. Neste estudo foi observada uma diminuição significativa (p<0,05) das concentrações de creatinina séricas depois da cirurgia. Apesar de registada uma taxa de mortalidade de 31% no período pós-cirúrgico na sequência do desenvolvimento de complicações (fuga de urina, persistência de obstrução ureteral, coagulação intravascular disseminada e peritonite/broncopneumopatia), nenhuma das complicações observadas decorreu diretamente do procedimento de nefroscopia tendo a maioria dos animais tido alta ao fim de 9 dias. Considera-se que este procedimento minimamente invasivo teve um resultado positivo na maioria dos pacientes em estudo, constituindo uma alternativa promissora aos procedimentos tradicionais (nefrectomia, nefrotomia e ureterotomia).
ABSTRACT - THE APPLICATION OF ENDOSCOPY IN THE TREATMENT OF UPPER URINARY TRACT LITHIASIS IN CATS: RETROSPECTIVE STUDY - Nephroureterolithiasis has emerged as an important cause of acute and chronic kidney disease over the past 20 years. The most common indication for removal of upper tract uroliths in cats is ureteral obstruction. However, traditional surgical interventions are associated with great morbidity/mortality. The recent advances in veterinary interventional endourologic techniques have allowed better management of this condition. The objectives of this retrospective study were to evaluate the clinical and epidemiological characteristics of cats with a final diagnosis of nephrouretorolithiasis admitted to the VetAgro Sup Veterinary Teaching Hospital in Lyon, France, between January 2008 and June 2012 and also evaluate the use of nephroscopy and ureteral hydropulsion for the removal of upper urinary tract lithiasis in cats. The studied sample (n=31) was mostly composed of undefined breed cats (68%), of both gender, sterilized (87%), with an average age of 5,3 years, living exclusively indoor (67%) and eating exclusively veterinary dry food (71%). Clinical signs in the cats in the present study were generally nonspecific, ie anorexia, lethargy, vomiting and weight loss, frequently associated with azotemia. Abdominal ultrasound examinations revealed 19 cases of nephroureterolithiasis, 6 of nephrolithiasis and other 6 of ureterolithiasis. Twenty four cats had ultrasonographic evidence of ureteral obstruction including ureteral and renal pelvic dilatation. Nephroscopy along with cystotomy and retrograde flushing was performed in 13 cases. In seven animals was additionally performed ureterotomy to extract uroliths impossible to flush and fixed in the ureteral mucosa. A significant (p<0,05) improvement of serum creatinine concentrations was observed after surgery. Although the mortality rate recorded before discharge due to development of complications (ureterotomy leakage, persistence of ureteral obstruction, disseminated intravascular coagulation and peritonitis/bronchopneumopathy) was of 31%, no complication related to nephroscopy was observed, with most patients leaving hospital within 9 days. This minimally invasive procedure had a positive outcome in the majority of the patients and therefore showed to be a promising alternative to traditional procedures (nephrectomy, nephrotomy and ureterotomy).
Descrição: Dissertação de Mestrado Integrado em Medicina Veterinária
URI: http://hdl.handle.net/10400.5/9083
Aparece nas colecções:BFMV - Teses de Mestrado 2º. Ciclo



FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.