Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.5/9082
Título: Hepatopatias secundárias : relação entre o exame ecográfico e as bioquímicas hepáticas
Autor: Santos, Tiago Luís Mimoso dos
Orientador: Coimbra, Ivana Andrea Vilela
Niza, Maria Manuela Grave Rodeia Espada
Palavras-chave: Fígado
Ecografia
Bioquímicas
Hepatopatias secundárias
Liver
Ultrasound
Biochemistry
Secondary hepatopathies
Data de Defesa: 1-Jul-2015
Editora: Universidade de Lisboa. Faculdade de Medicina Veterinária
Citação: Santos, T.L.M. (2015). Hepatopatias secundárias : relação entre o exame ecográfico e as bioquímicas hepáticas. Dissertação de mestrado. Universidade de Lisboa, Faculdade de Medicina Veterinária, Lisboa.
Resumo: O fígado é um órgão central que participa em inúmeros processos metabólicos do organismo. Como tal, a sua integridade pode ser comprometida por alterações orgânicas extra-hepáticas dos mais variados tipos. As hepatopatias secundárias atingiram 43% da população canina com alterações hepáticas da Clínica veterinária AZEVET durante o período compreendido entre Dezembro de 2011 e Março de 2014. Trata-se de uma percentagem considerável onde, muitas vezes, a distinção entre hepatopatia secundária ou primária pode ser difícil. Assim, procurou-se encontrar um método através do qual se possa identificar, com uma razoável segurança, a presença de uma hepatopatia secundária, como eventual alternativa à biópsia hepática, poupando assim tempo e dinheiro que pode ser aplicado no tratamento da causa primária. Com base nas imagens ecográficas e nas análises bioquímicas dos animais em estudo, foi realizada a associação destes dois parâmetros. Segundo o teste estatístico Fisher, a utilização deste método para o diagnóstico de hepatopatias secundárias revelou resultados significativos (p-value < 0,05). A sua sensibilidade foi de 72,2% e a especificidade 95,8%.
ABSTRACT - SECUNDARY HEPATOPATHIES - The liver is a central organ that participates in numerous metabolic processes. As such, its integrity can be compromised by extra hepatic organic changes of all kinds. Between December 2011 and March 2014, 43% of the hepatic disorders in the canine population in AZEVET Veterinary Clinic were secondary hepatopathies. This is a significant proportion in which the distinction between primary or secondary hepatopathies can be difficult. So, the aim of this thesis was to find out a method through which the clinician can identify, with a reasonable safety, the presence of a secondary hepatopathy, as an alternative to liver biopsy, thus saving time and money that could be used in the treatment of the primary cause. Based on the echographic images and biochemical analysis from the animals in study, the association of these two parameters was held. According with Fisher statistical test, this method has significant results (p-value < 0,05) in the diagnosis of secondary hepatopathies. The sensibility was 72.2%, while the specificity was 95.8%.
Descrição: Dissertação de Mestrado Integrado em Medicina Veterinária
URI: http://hdl.handle.net/10400.5/9082
Aparece nas colecções:BFMV - Teses de Mestrado 2º. Ciclo

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Hepatopatias secundárias - relação entre o exame ecográfico e as bioquímicas hepáticas.pdf898,15 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.