Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.5/9012
Título: Relatório final de estágio realizado na Escola Secundária de Bocage no ano lectivo 2007-2008.
Autor: Venâncio, Carla Sofia Monteiro
Orientador: Januário, Nuno Miguel da Silva
Palavras-chave: Actividade física
Adolescentes
Aptidão física
Educação física
Escola Secundária de Bocage
Ensino básico
Ensino secundário
Fitnessgram
Data: 2011
Citação: Venâncio, Carla (2011) - Relatório final de estágio realizado na Escola Secundária de Bocage no ano lectivo 2007-2008. Universidade Técnica de Lisboa. Faculdade de Motricidade Humana.
Resumo: O propósito do presente estudo é avaliar o estado de Aptidão Física e da Actividade Física Habitual nos alunos da Escola Secundária de Bocage, em Setúbal. Os objectivos são identificar os níveis de aptidão e actividade física referenciada à saúde, verificar se estes são influenciados por variáveis como o ciclo de ensino, o género e a idade, comparar os resultados com estudos anteriores e facultar elementos que possam dotar o Departamento de Educação Física e o Gabinete de Educação para a Saúde da escola de informações por forma à adopção de estratégias para elevarem o nível de aptidão física e actividade física dos alunos em relação à saúde. A amostra é constituída por 440 alunos, 215 de sexo masculino e 225 do sexo feminino, do ensino básico (181) e do secundário (259), entre os 11 e 20 anos de idade, da Escola Secundária de Bocage, distrito de Setúbal. A avaliação criterial da aptidão física foi feita através da bateria de testes Fitnessgram nas seguintes provas: Vaivém e/ou Milha, Abdominais, Extensões de Braços, Extensão do Tronco, Senta e Alcança, Flexibilidade de Ombros e Índice de Massa Corporal. Aplicaram-se Questionários aos professores do departamento de Educação Física, aos professores responsáveis pelo Gabinete de Educação para a Saúde e ainda aos alunos considerados “casos críticos”. O software estatístico utilizado foi o SPSS. O procedimento estatístico usado foi o “Qui-Quadrado com os resíduos ajustados estandartizados” e o nível de significância p<.05. De uma forma geral, os alunos revelam menos sucesso na Força superior e na Flexibilidade inferior. Os alunos do ensino básico apresentam melhores resultados na Aptidão Aeróbia, na Flexibilidade Inferior e na Flexibilidade do Tronco. Os alunos do ensino secundário apresentam melhores resultados na Composição corporal. Quanto ao Género, é possível concluir que os rapazes apresentam maior número de elementos dentro da Zona Saudável de Aptidão Física no teste de Flexibilidade inferior e no teste de Força superior. Já as raparigas apresentam um maior número de elementos no teste de Aptidão aeróbia (Milha). Nos restantes parâmetros a diferença não é significativa. Analisando os resultados, julga-se necessário desenvolver um programa de Condição física especifico para cada idade, tendo em conta o género.
Descrição: Mestrado em Ensino da Educação Física nos Ensinos Básico e Secundário
URI: http://hdl.handle.net/10400.5/9012
Aparece nas colecções:BFMH - Dissertações de Mestrado / Master Thesis

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Mestrado_SOFIA_VENÂNCIO.pdf1,44 MBAdobe PDFVer/Abrir    Acesso Restrito. Solicitar cópia ao autor!


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.