Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.5/9010
Título: Validação de modelos de estimação do dispêndio energético total com base na acelerometria tendo como referência o método combinado de frequência cardíaca com sensor de movimento.
Autor: Magalhães, João Pedro Reis
Orientador: Silva, Analiza Mónica Lopes de Almeida
Palavras-chave: Acelerometria
Actividade física
Dispêndio energético
Monitorização de frequência cardíaca
Validade
Data de Defesa: 2011
Citação: Magalhães, João Pedro Reis (2011) - Validação de modelos de estimação do dispêndio energético total com base na acelerometria tendo como referência o método combinado de frequência cardíaca com sensor de movimento. Dissertação de Mestrado. Universidade Técnica de Lisboa. Faculdade de Motricidade Humana.
Resumo: A acelerometria é um método que avalia o dispêndio energético total (DET) de forma prática e pouco dispendiosa. Contudo, é importante perceber a validade das equações desenvolvidas com base neste método, quando aplicadas em diferentes contextos. Objectivo: Validar o DET estimado a partir de modelos desenvolvidos com base na acelerometria uni-axial, usando como referência o método combinado de monitorização de frequência cardíaca com sensor de movimento. Métodos: Para o presente estudo foram avaliados 20 sujeitos do género masculino (25,5 ± 5,3 anos; 73,2 ± 9,9 kg; 176,2 ± 7,1 cm). O DET foi avaliado através do método de referência e pelos modelos desenvolvidos para os acelerómetros da Actigraph (Freedson, Hendelman, Swartz e Crouter). Foram usados testes-T emparelhados, modelos de regressões e concordância entre os métodos para avaliar o desempenho dos diferentes modelos. Resultados: A nível de grupo verificaram-se diferenças significativas entre os valores médios do DET dado pelo método de referência e pelos quatro modelos utilizados (p<0,05). As regressões entre os quatro modelos e o método de referência não diferiram da linha de identidade. O valor do DET dado pelas equações encontra-se associado aos valores obtidos pelo método de referência com coeficientes de correlação entre 0,72 e 0,82. A nível individual, os modelos apresentaram limites de concordância elevados, particularmente os modelos de Freedson e Crouter, podendo subestimar o DET em 1752 kcal/dia e 1331 kcal/dia, respectivamente. Contudo, os modelos de Hendelman (p=0,075) e Swartz (p=0,084) foram os únicos que não apresentaram uma associação entre a média e a diferença dos métodos. Conclusão: Estes resultados reforçam a fraca validade destes modelos para estimar o DET a nível individual, em condições típicas do dia-a-dia, ainda que de forma geral o DET dado pelos modelos se encontrem fortemente relacionado com o DET obtido pelo método de referência.
Descrição: Mestrado em Exercício e Saúde
URI: http://hdl.handle.net/10400.5/9010
Aparece nas colecções:BFMH - Dissertações de Mestrado / Master Thesis

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Tese _versão Final_joão Magalhães.pdf854,67 kBAdobe PDFVer/Abrir    Acesso Restrito. Solicitar cópia ao autor!


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.