Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.5/8882
Título: Da anedonia à procura de sensações : o lugar do corpo no continuum do prazer. Anedonia física, investimento corporal e níveis de ansiedade, depressão e stress em estudantes de Reabilitação Psicomotora.
Autor: Oliveira, Inês Agostinho Matos de
Orientador: Martins, Rui Fernando Roque
Palavras-chave: Anedonia
Ansiedade
Corpo
Intervenção profiláctica e terapêutica
Investimento corporal
Prazer
Procura de sensações
Saúde mental
Stress
Data de Defesa: 2011
Citação: Oliveira, Inês Agostinho Matos de (2011) - Da anedonia à procura de sensações : o lugar do corpo no continuum do prazer. Anedonia física, investimento corporal e níveis de ansiedade, depressão e stress em estudantes de Reabilitação Psicomotora. Dissertação de Mestrado. Universidade Técnica de Lisboa. Faculdade de Motricidade Humana.
Resumo: Artigo I - O presente trabalho visa aprofundar a temática do prazer, sob diferentes perspectivas. A análise é aprofundada em torno do corpo, onde o prazer da sensorialidade abre um caminho no sentido do bem-estar e da auto-regulação. A anedonia, por um lado e a procura de sensações, por outro constituem variações disfuncionais do prazer que tentaremos aqui esclarecer. Em ambos os casos existe um desvio do conceito de prazer, enquanto fonte de equilíbrio e bem-estar, o que compromete os níveis de preservação, cuidado e investimento no corpo, assim como ameaçam a saúde mental do indivíduo. São apresentados instrumentos de avaliação, que visam objectivar os principais conceitos abordados. São também descritos programas de intervenção profiláctica e terapêutica, que visam reforçar o investimento corporal e aumentar a atenção sobre corpo, enquanto fonte de prazer e bem-estar. Artigo II - É reconhecido o papel do prazer na manutenção da homeostasia, do bem-estar e até da felicidade. Este estudo aborda a anedonia física e o investimento corporal, assim como as suas relações com os níveis de ansiedade, depressão e stress em estudantes universitários, do curso de Reabilitação Psicomotora. É estudada a relação entre as variáveis e caracteriza-se o comportamento das mesmas nos estudantes de cada ano de curso, com o intuito de clarificar o impacto das vivências corporais ao longo do curso. Os resultados mostram que a correlação mais significativa verificou-se entre a anedonia física e o investimento corporal, apresentando sentido negativo. Os dados deste estudo demonstram também que os níveis de anedonia mais elevados estão associados a níveis de depressão superiores e que os maiores níveis de investimento corporal estão associados aos anos mais avançados do curso de reabilitação psicomotora. Os níveis de ansiedade, depressão e stress são mais baixos nos anos mais avançados. As limitações do estudo e as recomendações para futuras investigações são discutidas.
Descrição: Mestrado em Reabilitação Psicomotora
URI: http://hdl.handle.net/10400.5/8882
Aparece nas colecções:BFMH - Dissertações de Mestrado / Master Thesis



FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.